Munição de arma longa

Munição de arma longa


Munição de arma longa


Atualmente, existe uma grande variedade de cartuchos para armas com canos de cano liso no mercado de armas. O calibre utilizado neste tipo de munição varia de acordo com a carga de "chumbinhos" contidos nos cartuchos. Assim, seguindo o sistema de medição idealizado pelos ingleses, podemos encontrar cartuchos muito pesados ​​(calibre .8 ou .10) e outros mais leves como .28, .32 ou .410. 

Nesse sentido, o calibre das espingardas não é expresso em milímetros ou polegadas, mas no número de esferas de chumbo que podem ser obtidas após a fusão de uma libra inglesa de chumbo (453 gr).


Portanto, nas espingardas, quanto menor o número do calibre, maior o diâmetro do cano e do cartucho utilizado. Da mesma forma, quanto maior o calibre (o .10 é maior que o .12), maior o peso e o recuo da arma. Hoje, o cartucho mais utilizado para caça de pequeno porte e tiro ao alvo é o calibre 12.


As dimensões dos cartuchos variam entre 65 e 68 mm. O tipo Magnum tem um tamanho maior, chegando até 76mm. Um cartucho de espingarda tem cinco partes principais: a caixa, o pistão ou espoleta, a pólvora, o chumaço e as pelotas de chumbo.


1) Concha/estojo: cilindro de papelão ou plástico que contém os componentes da carga. Sua principal função é evitar que as munições entrem em contato com as paredes do cano. Desta forma, a concha atua como um isolante para a carga, evitando que a granalha se abra e se deforme.


2) Pistão ou primer: elemento que contém uma mistura explosiva sensível à percussão. Ao ser atingido pelo pino de disparo, a mistura de percussão explode.


3) Pólvora: componente químico que se transforma em gás ao explodir e faz com que os pellets saiam do cartucho. A mais utilizada atualmente é a nitrocelulose gelatinizada.


4) bucha: elemento feito de cortiça, lã seca ou feltro, utilizado para separar a pólvora das munições. Atua como isolante térmico, evitando que os pellets queimem após a explosão da pólvora.


5) Munição: são o elemento principal do cartucho. São compostos basicamente de chumbo ou aço (menos poluentes). De acordo com seu tamanho, eles são classificados em uma escala de 1 a 10, sendo 1 o maior e mais pesado pellet (munição). Os niquelados são os mais sólidos e resistentes.





Dentro das munições para espingardas, destacam-se os cartuchos para determinados tipos de caça grossa. O chamado “ Brenneke” são caracterizados por terem uma única bala de chumbo no interior com nervuras longitudinais que ajudam a estabilizar sua trajetória. Este tipo de munição, normalmente utilizada para a caça ao javali, é eficaz até uma distância máxima de 60 metros.


Os amantes da espingarda para caça grossa também têm um tipo de tiro especial conhecido como pellets. Estes pellets pesam mais de 2,5 gramas e só podem ser utilizados em determinados casos, como nas caçadas ao javali realizadas em determinados países. Na Espanha, especificamente, a caça com chumbinhos é proibida, embora esses cartuchos sejam normalmente vendidos em lojas de armas. De fato, a lei espanhola só permite o uso de postos policiais.


Nos últimos anos, principalmente nos Estados Unidos, a granalha de chumbo vem perdendo destaque entre os caçadores em favor da granalha de aço. Este material é menos tóxico e é altamente recomendado para a caça de aves aquáticas. Por outro lado, a granalha de aço tem menos energia que a granalha de chumbo, por isso é mais difícil conseguir uma morte limpa da peça.



 

Fonte: 

armas.es



_______________________________________________________


Sabemos que o Custo Elevado da Munição Acaba
Dificultando em nossa Vida como Atirador Esportivo, Caçador
ou até mesmo Intrutor de Tiro.

Aprenda a Recarregar Todos os Tipos de 
Munições para Armas Curtas! 

Clica na imagem e inicie hoje o treinamento!



_______________________________________________________

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();