Economizando com munição de treinamento? Projéteis de cola quente

 Projéteis de cola quente

Economizando com munição de treinamento? Projéteis de cola quente.


As balas de borracha ou também anti motim são munições/balas não letais (se bem que pessoas já morreram em virtude de onde acertaram) produzidas para prática de tiro ou defesa não letal. São essencialmente balas com a mesma forma e calibre das ligas pesadas, mas feitas de borracha ou uma solução de borracha macia ou dura, dependendo do tipo de uso.

Algumas mudaram para um emprego (divertido) para atirar em casa ou para treinar noções básicas de uso de armas. São comercializados em embalagens de 10 a 100 projéteis e podem ser reaproveitados inúmeras vezes, desde que recuperados após o disparo.

Porém, a Internet é uma fonte de inspiração e muitas idéias e algum entusiasta desconhecido aqui está umas olução para produzir um “punhado” desses projéteis a um custo baixíssimo, desde que tenha o material certo à sua disposição.





A ideia nasceu com um bloco específico para fundição de projéteis, conhecido popularmente por "coquilha", onde o chumbo fundido é colocado em seu interior e depois retirado no formato de projétil e "cola quente", vendida em papelarias e hipermercados.

O "inventor" coloca o bastão de cola na pistola e aguarde que essa esteja na temperatura adequada para derreter a cola e injetar dentro da coquilha, esperar que a cola endureça novamente dentro do bloco e então, retirá-la já no formato do projétil. Procedimento similar aos projéteis de chumbo, podendo inclusive ser calibrado.

Normalmente, as recargas com esses projéteis usam somente a espoleta (como as munições Talset, vendidas aqui no Brasil a alguns anos, para treinamento), mas em alguns testes ficou comprovado que em armas de canos longos algumas ficaram retidas nestes. 

Certamente pelo escape de gases entre o tambor e o cano dos revólveres. Dessa forma, pode usar um ou dois grãos de pólvora para sanar esse problema. O ruído permanece baixo, a energia certamente baixa como numa arma de paintball. Porém, equipe-se com uma vareta de latão ou alumínio e um martelo para retirar os projéteis que eventualmente permanecerem no cano. Serão necessários vários testes para encontrar a dose certa para sua arma.

Os projéteis feitos de cola quente são muito macias, portanto, capazes de absorver qualquer impacto, mas jamais atire/descuide pois um projétil desses pode cegar uma pessoa se acertá-la no olho.

Veja abaixo:









Sem dúvidas que é um sistema simples, rápido, prático, limpo e de baixíssimo custo, não precisando de mais do que alguns minutos de paciência.

Obs.: Após colocar a cola quente, deixe-a esfriar, espere um pouco, pois a cola esfria externamente em contato com o metal mas permanece líquida por dentro por mais algum tempo. Quando tiver certeza de que o projétil está totalmente sólido, destaque as duas partes da coquila e retire o projétil feito.

Repita a operação até que você tenha um bom número de marcadores para usar no seu entretenimento doméstico, lembre-se que eles são reutilizáveis ​​muitas vezes, então você não precisa fazer milhares.



Fonte:

Tiro Pratico


_______________________________________________________

O Guia do Atirador!  

 

Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!



_________________________________________________________


Postar um comentário

4 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.
  1. Já existe algum teste em vídeo com esse modelo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurei aqui e não achei nada sobre, será que não dá uma travada na rampa?

      Excluir
  2. olha essa ideia, será se funciona com 9mm.

    https://www.youtube.com/watch?v=KvCU7IHfn5k&ab_channel=SnyperAn%C3%B4nimo

    ResponderExcluir
  3. Quem inventou isso não entende de balística, o calor e atrito do raiamento vão deixar resíduos de cola no cano, os projéteis tipo talset são de um plástico mais duro que cola quente. Além de que, o projétil é o insumo mais barato, quem vai gastar uma espoleta (que está caríssima) pra fazer isso? Melhor comprar uma airsoft semelhante a sua arma.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();