Fatos sobre armas de fogo

armas de fogo


Fatos sobre armas de fogo


As armas de fogo foram criadas com o intuito de tornar os homens iguais.


Numa abordagem mais agressiva, geralmente narrativa desarmamentista, constuma-se alegar que armas foram construídas exclusivamente para matar, mas não é verdade. 

As armas podem matar, mas servem para defender, defender de tiranias, agressões injustas e desproporcionais e muito mais que iremos abordar aqui nesse artigo.

Armas são ferramentas que servem para caçar, praticar esportes e defender vidas. O hábito de caça e alimentação é melhor analisado há cerca de 40 mil anos atrás, época em que nossos ancestrais se assemelhavam a nós e começaram a produzir artefatos para caça;

Esses artefatos que nada mais eram do que armas, eram feitas de ossos, madeira e também de pedras lascadas. A caça é muito importante para a sobrevivência e também como controle de pragas.



Um arqueólogo chamado Randall Haas, da Universidade da Califórnia em Davis, descobriu em 2018 uma sepultura de cerca de 9 mil anos, um indivíduo enterrado nas Cordilheiras dos Andes, no Peru e junto ao seu corpo, havia um impressionante e variado kit de ferramentas de pedra utilizado por um antigo caçador para atividades desde a caçada de grandes animais à preparação de suas peles. 

Na imagem ao lado podemos ver o “kit de ferramentas” encontrado e que inclui pontas variadas de projéteis, esculpidos em rochas pesadas – muito provavelmente para quebrar ossos , e remover pele e escamas – entre outros formatos que provavelmente seriam utilizados para cortes e raspagens. Ainda vê-se nódulos de ocre vermelho que é um pigmento mineral natural, consistindo de argila, materiais siliciosos e a forma hidratada de óxido de ferro conhecida como limonita que servia para, entre outras cosias, preservar peles.


FOTO DE RANDY HAAS, UC DAVIS


Assim como a caça tinha sua relevância com armas de fogo, temos o uso das armas para defesa. A arma mais antiga que se tem conhecimento foi feita em bronze em meados de 1288, descoberta em um sítio do atual distrito de Acheng, Heilongjiang, China, onde os Yuan Shi registraram que batalhas foram travadas naquela época. Mas a primeira arma individual que se criou foi o mosquete, criado no século 16 e amplamente utilizado em batalhas, mas muito ruim de pontaria e lento na recarga, em seguida criaram o fuzil de pederneira, mais certeiro mas ainda lento. O primeiro revólver de que se tem notícia foi patenteado pelo Coronel Samuel Colt em 1836 e foi um enorme avanço pra época.


Abraham Lincoln tornou todos os homens livres, mas Samuel Colt os tornou iguais.” Com esse slogan, a marca de armas mais famosa do mundo fez história. E é exatamente esse o propósito de uma arma!


Desconstruindo a narrativa covarde dos desarmamentistas que alegam que pessoas armadas são covardes. Existem vários tipos de covardias como, homens mais novos batendo em homens mais velhos, grupos de homens batendo em um homem só, lutadores batendo em pessoas que não sabem lutar, homens muito fortes batendo em homens mais fracos, homens batendo em mulheres, etc…

Na imagem abaixo, a pergunta é : Quem é o covarde?

Certamente você considerou o agressor covarde. Portanto se a pessoa vítima da imagem estivesse armada, ela seria covarde defendendo-se? Não porque ela estaria em condições iguais, afinal na imagem percebe-se que uma pessoa frágil tem medo de um homem forte que a ameaça. Quantas vítimas já morreram assim? Só primeiro semestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado, foram 648 mulheres assassinadas vítimas de feminicídio. Os dados fazem parte do Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado em 19 de outubro de 2020

Em 1814, na Grã-Bretanha, o coronel Peter Hawker publicou um livro contendo as primeiras regras para competições. A Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF) foi criada nos Estados Unidos por volta de 1871 e hoje possui 154 países filiados. O Tiro é um esporte olímpico desde as Olimpíadas de Atenas, em 1896. O Brasil participou da primeira edição olímpica em 1920 na Antuérpia, onde conquistou sua primeira medalha de ouro olímpica através do tiro esportivo. Uma curiosidade, na cerimônia de abertura, coube a Afrânio Antônio da Costa, do tiro esportivo, ser o porta-bandeira do time nacional. E justamente o tiro esportivo foi o grande destaque dessa participação histórico brasileira que nos deixou 3 medalhas sendo uma de ouro, uma de prata e uma de bronze!

Equipe brasileira de Pistola Livre nos Jogos Olímpicos da Antuérpia 1920: Fernando Soledade, Tenente Guilherme Paraense, Afrânio da Costa, Tenente Mário Maurety e Dario Barbosa. Foto: Afrânio da Costa/arquivo pessoal
Equipe brasileira de Pistola Livre / Antuérpia 1920



#1 Um estudo publicado pela Universidade de Harvard — Harvard Journal of Law & Public Policy — relata que países que têm mais armas tendem a ter menos crimes


#2 Ao longo dos últimos 20 anos, as vendas de armas dispararam nos EUA, mas os homicídios relacionados a armas de fogo caíram 39 por cento durante esse mesmo período. Mais ainda: “outros crimes relacionados a armas de fogo” despencaram 69%.


#3 Ainda segundo o estudo da Harvard, os nove países europeus que apresentam a menor taxa de posse de armas apresentam taxas de homicídios que, em conjunto, são três vezes maiores do que as dos outro nove países europeus que apresentam a maior taxa de posse de armas.


#4 Quase todas as chacinas cometidas por indivíduos desajustados nos Estados Unidos desde 1950 ocorreram em estados que possuem rígidas leis de controle de armas.

Com uma única exceção, todos os assassinatos em massa cometidos nos EUA desde 1950 ocorreram em locais em que os cidadãos são proibidos de portarem armas. Já a Europa, não obstante sua rígida política de controle de armas, apresentou três dos seis piores episódios de chacinas em escolas.


#5 Os EUA são o país número 1 do mundo em termos de posse de armas per capita, mas estão apenas na 28ª posição mundial em termos de homicídios cometidos por armas de fogo para cada 100.000 pessoas.


#6 A taxa de crimes violentos nos EUA era de 757,7 por 100.000 pessoas em 1992. Já em 2011, ela despencou para 386,3 por 100.000 pessoas. Durante esse mesmo período, a taxa de homicídios caiu de 9,3 por 100.000 para 4,7 por 100.000. E, também durante esse período, como já dito acima, as vendas de armas dispararam.


#7 A cada ano, aproximadamente 200.000 mulheres nos EUA utilizam armas de fogo para se proteger de crimes sexuais.


#8 Em termos gerais, as armas de fogo são utilizadas com uma frequência 80 vezes maior para impedir crimes do que para tirar vidas.


#9 O número de fatalidades involuntárias causadas por armas de fogo caiu 58% entre 1991 e 2011.


#10 Apesar da extremamente rígida lei desarmamentista em vigor no Reino Unido, sua taxa de crimes violentos é aproximadamente 4 vezes superior à dos EUA. Em 2009, houve 2.034 crimes violentos para cada 100.000 habitantes do Reino Unido. Naquele mesmo ano, houve apenas 466 crimes violentos para cada 100.000 habitantes nos EUA.


#11 O Reino Unido apresenta aproximadamente 125% mais vítimas de estupro por 100.000 pessoas a cada ano do que os EUA.


#12 Anualmente, o Reino Unido tem 133% mais vítimas de assaltos e de outras agressões físicas por 100.000 habitantes do que os EUA.


#13 O Reino Unido apresenta a quarta maior taxa de arrombamentos e invasões de residências de toda a União Europeia.


#14 O Reino Unido apresenta a segunda maior taxa de criminalidade de toda a União Europeia.


#15 Na Austrália, os homicídios cometidos por armas de fogo aumentaram 19% e os assaltos a mão armada aumentaram 69% após o governo instituir o desarmamento da população.


#16 A cidade de Chicago havia aprovado uma das mais rígidas leis de controle de armas dos EUA. O que houve com a criminalidade? A taxa de homicídios foi 17% maior em 2012 em relação a 2011, e Chicago passou a ser considerada a “mais mortífera dentre as cidades globais”. Inacreditavelmente, no ano de 2012, a quantidade de homicídios em Chicago foi aproximadamente igual à quantidade de homicídios ocorrida em todo o Japão.


#17 Após essa catástrofe, a cidade de Chicago recuou e, no início de 2014, voltou a permitir que seus cidadãos andassem armados. Eis as consequências: o número de roubos caiu 20%; o número de arrombamentos caiu também 20%; o de furto de veículos caiu 26%; e, já no primeiro semestre, a taxa de homicídios da cidade recuou para o menor nível dos últimos 56 anos.


#18 Após a cidade de Kennesaw, no estado americano da Geórgia, ter aprovado uma lei que obrigava cada casa a ter uma arma, a taxa de criminalidade caiu mais de 50% ao longo dos 23 anos seguintes. A taxa de arrombamentos e invasões de domicílios despencou incríveis 89%.


#19 Os governos ao redor do mundo chacinaram mais de 170 milhões de seus próprios cidadãos durante o século XX (Stalin, Hitler, Mao Tsé-Tung, Pol Pot etc.). A esmagadora maioria desses cidadãos havia sido desarmada por esses mesmos governos antes de serem assassinados.


#20 No Brasil, 10 anos após a aprovação do estatuto do desarmamento — considerado um dos mais rígidos do mundo —, o comércio legal de armas de fogo caiu 90%. Mas as mortes por armas de fogo aumentaram 346% ao longo dos últimos 30 anos. Com quase 60 mil homicídios por ano, o Brasil já é, em números absolutos, o país em que mais se mata.



Fonte:

CAC Brasil



_______________________________________________________

O Guia do Atirador!  

 

Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!



_________________________________________________________





Nenhum comentário