DESASTRE DE CHERNOBIL, VEJA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE ESTA CICATRIZ HISTÓRICA

DESASTRE DE CHERNOBIL, VEJA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE ESTA CICATRIZ HISTÓRICA

 

VEJA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE O DESASTRE DE CHERNOBIL


O desastre de Chernobil aconteceu no reator nuclear nº 4 da Usina Nuclear de Chernobil, perto de Pripiat, no norte da Ucrânia Soviética.

Até hoje muita gente fala do ocorrido e até mesmo um seriado foi feito sobre a situação, além de outras obras literárias e visuais.

A explosão ocorrida no dia 26 de abril de 1986 foi causada por um procedimento de testes que falhou e foi o equivalente a 66 toneladas de TNT explodindo de uma só vez.

A explosão não apenas destruiu o telhado do prédio de 20 andares do reator, mas completamente o seu núcleo, ejetando 28 toneladas de detritos altamente radioativos na área ao seu redor.

Além disso, iniciou-se um incêndio radioativo que durou quase duas semanas enquanto liberava uma nuvem de gases e aerossóis radioativos na atmosfera.

Com partículas radioativas rasgando tudo com o que entrou em contato, a Zona de Exclusão de Chernobil foi criada 36 horas após o incidente. As evacuações da zona começaram e Pripiat, uma cidade com quase 50.000 habitantes, foi evacuada.

Até hoje, Pripiat continua sendo uma cidade fantasma. Os turistas podem visitar a cidade hoje em dia, pois oferecem passeios e vistas incríveis mostrando como era a vida na Ucrânia antes de uma das maiores catástrofes que o mundo já viu.

A fotógrafa urbana Janine Pendleton, da Obsidian Urbex Photography, visitou Chernobil e realizou esses cliques.

Enquanto fazemos uma pausa para lembrar os 5 milhões de pessoas afetadas pelo colapso, aqui estão algumas de suas fotos de como é a aparência de Pripiat hoje em dia.

Grafite da Usina Nuclear de Chernobil.

Correios e lojas de Pripiat.

Sistema de antena DUGA-3.

Muitas coisas abandonadas e deixadas para trás fazem parte da cidade fantasma.

Hospital Pripiat Nº 126

Piscina Pripiat Azure

Quadra abandonada em Chernobil

Escola de ensino médio abandonada com máscaras de gás

Desastre de Chernobil

31 pessoas morreram em decorrência da explosão, 15 pessoas morreram indiretamente até 2011, 6 mil pessoas tiveram câncer na tireoide, 4 mil fatalidades ao longo prazo no mundo soviético e de 9 a 16 mil mortes por contaminação na Europa inteira, segundo a ONU, todas em decorrência do desastre de Chernobil.


Fonte:

O Macho Alpha


Nenhum comentário