KEL TEC KSG. Extremo Poder de Fogo em Um Armamento Compacto.

 KEL TEC KSG. Extremo Poder de Fogo em Um Armamento Compacto.


Espingarda KEL-TEC KSG. Extremo Poder de Fogo em Um Armamento Compacto.


A empresa norte americana de armas Kel Tec não é tão conhecida no Brasil, mas sua fama já começa a dar sinais de crescimento. É certo que você, leitor, pode encontrar uma ou mais características de distinção entre marcas de armas de fogo que acabam estigmatizando um fabricante. No caso da Kel Tec pode-se afirmar tranquilamente que a característica mais marcante é a inovação de seus produtos. 

A criatividade é facilmente compreendida quando se verifica o design, forma de operação e em alguns casos, até no calibre de armas que eles desenvolvem para o mercado civil norte americano e que, tempos recentes para cá, para o mercado policial/ militar também. 

A arma focada neste artigo é um exemplo dessa nova fase da Kel Tec. A espingarda KSG (Kel Tec Shotgun)  pode ser empregada taticamente por forças policiais, especialmente em confrontos em ambientes apertados, ou por um civil comum que deseje uma arma de extremo poder de fogo para proteger sua residência.


Acima: A KSG é mais uma dessas armas cujo desenho parece ter sido inspirado nas armas da saga Guerra nas Estrelas.


Para quem está acostumado ao tradicional desenho das espingardas pump action clássicas como a Remington 870, já descrita nesse blog, vai se sentir bastante surpreso com o desenho da KSG, uma arma extremamente compacta, graças a uma configuração bullpup (onde o mecanismo da arma fica localizado na parte traseira, dentro da coronha). Com isso, a arma apresenta um comprimento total de apenas 66 cm contra 1,15 m de uma espingarda convencional. A inovação da KSG não para nas suas compactas dimensões. 

Na verdade a maior inovação dela está na capacidade de munição. São dois tubos de 7 cartuchos de capacidade, mais um cartucho na câmara, totalizando 15 (você não leu errado não! São quinze tiros) de capacidade!!!!. Por se tratar de uma arma de configuração bullpup como mencionei a pouco, o cano da arma tem o comprimento normal de uma espingarda de combate, ou seja, 18,5 polegadas, o que garante o mesmo alcance que uma espingarda convencional. 

A telha da KSG possui integrada trilhos para acessórios de forma que se pode instalar uma empunhadura sob a telha para melhora o controle durante rápidas sequencias de tiros. Alguns podem comparar a KSG com a espingarda sul africana Neostead, pois o modelo sul africano se assemelha com a KSG, porém, mecanicamente, as duas armas são completamente diferentes.


Acima: O uso dos trilhos de acessórios padrão picatinny MIL-STD-1913, garantem uma enorme facilidade para instalação de miras ópticas ou de aço na KSG.

A KSG possui trilhos de acessórios padrão picatinny sobre a parte de cima do corpo da arma, além do trilho presente sob a telha. Por isso, a arma não vem de fábrica com um sistema de miras e cabe ao usuário escolher esse item no momento da compra que poderá ser desde uma mira de aço composta por alça e massa dobráveis, padrão encontrado em fuzis (estilo peep sight) ou miras avançadas como as reflex,  ACOG ou mesmo lanternas e apontadores laser.

A operação se dá no sistema Pump, porém, depois de esgotar os 7 tiros de um dos tubos, o atirador precisa pressionar uma pequena alavanca que muda a alimentação para o segundo tubo em um movimento que pode ser feito facilmente de forma rápida com pouco treino, garantindo o poder de fogo que a KSG é capaz de prover.


Acima: A desmontagem de primeiro escalão da KSG é facilmente feita sem uso de ferramentas.

A KSG, mesmo sendo produzida com várias partes em polímero e tendo quase 40% menos comprimento que uma espingarda convencional, tem o peso pouco maior. São 3,63 kg da KSG contra 3,2 Kg de uma Remington 870. Porém seu menor comprimento e sua ergonomia, a tornam uma excelente escolha para combate e muito fácil de transportar em uma viatura policial por exemplo, onde os espaços são bem restritos.

Na KSG, os cartuchos deflagrados são ejetados por baixo, na mesma porta por onde se recarrega a arma, por tanto, sem problemas para se disparar com alguma pessoa ao lado, que poderia ser atinfiga pelo cartucho ejetado.

Embora se possa disparar com boa velocidade, depois de algum treinamento, a KSG ainda não consegue igualar a velocidade de disparo que uma espingarda semi automática é capaz de executar. Seria interessante a Kel Tec estudar com carinho a possibilidade de uma versão semi auto desta excelente espingarda. Certamente seria um produto que atrairia bastante atenção, principalmente do público que atua na segurança publica.



ABAIXO TEMOS UM VÍDEO COM UM TESTE COM A KSG.



FICHA TÉCNICA


Tipo: Espingarda de combate.
Miras: Miras Opticas ou dobráveis de aço.
Peso: 3,63 Kg (carregador vazio).
Sistema de operação: pump action.
Calibre: 12.
Comprimento Total: 66 cm.
Comprimento do Cano: 18,5 polegadas.
Capacidade: 7+7+1 tiros (total de 15 tiros)



Fonte:



_________________________


Você já pensou em como você pode prestar atenção para 
se antecipar em situações de confronto?

Portar uma arma de fogo diariamente exige de você estar preparado para coibir situações de combate e a reagir de forma segura quando necessário.

O TREINAMENTO FUNDAMENTAL QUE PODE SALVAR SUA VIDA SOBRE COMPORTAMENTO OPERACIONAL E TÁTICAS DE COMBATE


Clica na imagem e inicie hoje o treinamento!





________________________

Nenhum comentário