O Calibre .357 SIG

 

.357 SIG

Calibre 357 SIG


O .357 SIG é um cartucho de fogo central para pistolas (designado como 357 Sig pela SAAMI e 357 SIG quanto pela C.I.P. ou 9×22mm em notação métrica não oficial) é um produto do fabricante suíço-alemão de armas de fogo SIG Sauer, em cooperação com o fabricante de munições Federal Cartridge. O cartucho é usado por várias forças de segurança e tem uma boa reputação de precisão.

Devido ao seu custo de produção, .357 SIG como munição de treino é cerca de duas vezes mais caro que o 9 mm e cerca de 50% mais do que .40 S&W e em virtude disso, o .357 SIG nunca alcançou uma popularidade generalizada como .40 S&W.


O .357 SIG começou sua carreira mais como um elemento exótico em seu meio, mas logo se destacou por suas qualidades. Descontando-se algumas munições tipo “wildcat” ou caseiras, o .357 SIG é o primeiro calibre comercial em formato “garrafinha” a aparecer no mercado de Armas Curtas nos últimos 80 ou 90 anos. Provavelmente, os parâmetros mais próximos para comparação com o .357 SIG sejam os calibres 7,63 mm Mauser, 7,62 Tokarev e 7,65 mm Luger, todos portadores de alto desempenho balístico e do mesmo desenho de estojo tipo “garrafa”. 


Os alemães, criadores das primeiras pistolas semi-automáticas do mundo realmente eficientes, já sabiam em 1900/1910 que munições tipo “garrafinha” possuíam excelentes características balísticas e facilitavam a alimentação das armas, mesmo sob precárias condições. É interessante ver como boas ideias não perecem, mesmo após décadas de aperfeiçoamentos e inovações.

A SIG-Sauer e a Federal atuaram juntas para desenvolver o .357 SIG, apresentado oficialmente ao mercado no verão de 1994. Inicialmente lançado como alternativa para o mercado civil, gradativamente o calibre vem conquistando aceitação em diversas agências policiais e órgãos federais dos EUA. 

Embora seu emprego não tenha a mesma rapidez de aceitabilidade encontrada pelo .40 S&W, o.357 SIG oferece um desempenho tão distinto que não se pode deixar de analisar suas habilidades balísticas. O estojo do .357 SIG é algo semelhante ao .40 S&W, visto que o .357 SIG pode ser descrito como um estojo .40 S&W fechado (afunilado) para aceitar um projétil 9 mm (.355”). No entanto, essa simplificação descritiva não é de todo correta, pois o .357 SIG possui um estojo ligeiramente mais comprido (.850” contra .860”) que o .40 S&W, dificultando a pura conversão dos estojos deste último para atender propósitos de recarga de munições. Além disso, o estojo do .357 SIG tem uma construção interna que o habilita a suportar as pressões de câmara na ordem de 40.000 psi SAAMI, enquanto o .40 S&W trabalha no patamar de 35.000 psi, o mesmo que o 9 mm Luger. As demais características construtivas do .357 SIG e do .40 S&W, tais como tamanho e tipo de espoleta, ranhura de extração e diâmetro da base do estojo, são praticamente idênticas.

O .357 SIG e o .40 S&W produzem, com projéteis de 135 grains, idênticas marcas de 500 ft/lbs de energia. Porém o .357 SIG se destaca quando a aplicação da munição exige projéteis com característica de penetração e eficiente expansão. Mas, o principal destaque do .357 SIG é a sua espantosa eficiência balística com reduzidíssimo recuo da arma em disparo. Ed Sanow, famoso pesquisador especializado em Stopping Power comentou sobre o .357 SIG: “A pistola Glock 31 disparando .357 SIG de 125 grains encamisado ponta oca tem o mesmo recuo sensitivo que uma Glock 22 disparando .40 S&W de 180 grains. Com 50% mais energia, o.357 SIG tem melhor penetração tática”.

Alguns autores chegam a dizer que seria mais apropriado comparar o .357 SIG com o venerável .357 Magnum do que oferecer o .40 S&W como oponente. Essa afirmação pode estar baseada no fato de que o .357 SIG foi inicialmente previsto para repetir o bom desempenho do .357 Magnum com projéteis leves de 125 grains. De fato, quando comparado com revólveres com canos de 4 polegadas de comprimento, uma pistola semi-automática em .357 SIG tem quase o mesmo desempenho balístico. Além disso, uma pistola semi-automática supera um revólver em diversos parâmetros, tais como maior capacidade de fogo, compacidade e portabilidade.


Veja abaixo um comparativo com outras munições:





Fonte:

Sala de Armas


_______________________________________________________


Sabemos que o Custo Elevado da Munição Acaba
Dificultando em nossa Vida como Atirador Esportivo, Caçador
ou até mesmo Intrutor de Tiro.

Aprenda a Recarregar Todos os Tipos de 
Munições para Armas Curtas! 

Clica na imagem e inicie hoje o treinamento!



_______________________________________________________


Nenhum comentário