Armas primeiro, Educação depois

 

Armas  Educação

Armas primeiro, Educação vem depois!


Todos nós armamentistas, já ouvimos o argumento “Mas o povo não tem educação para ter armas!”. Mas eu vou provar o porquê de tal argumento estar totalmente errado.

Vamos voltar a dia 13 de Junho de 1927, data da invasão do Cangaceiro Lampião em Mossoró, a população sabendo da chegada do Lampião, se armou pesadamente e lutou contra o cangaço. Qual era a maior parte da população? Analfabetos, Fazendeiros… Lampião fez o que fez em várias cidades, mas em Mossoró ele falhou, pois foi recebido a tiros por uma população fortemente armada.

Agora pense em uma tribo africana de Cro-magno’s, em algum momento para se defenderem dos predadores, eles fariam lanças e machadinhas, por exemplo. A mesma pessoa que diz: “Educação primeiro, armas depois” faria a tribo ser extinta da face da Terra. E isso não é diferente hoje em dia. Um garoto qualquer estuda e é morto em um assalto sem chance de reação.

Só é possível nos darmos ao luxo de desenvolvermos sistemas educacionais, depois de estarmos seguros. Quando um Estado, vem com a ideia “educação primeiro, armas depois”, ele quer criar uma sociedade mole, que fique segregada de si própria, totalmente dependente do estado.



Fonte:



Nenhum comentário