Posições de Tiro

 


Quais são as Posições de Tiro?


Você pode ter a melhor arma, uma perfeita empunhadura, um saque incrivelmente rápido, uma visada incrível e até mesmo noções perfeitas de estratégia de combate. Todavia, se tudo isto estiver montado sobre uma base ruim, será muito pouco eficiente na hora da necessidade.


Foto: Posição inadequada para o tiro.

 

Isósceles

Foto: Posição Isósceles

 

A posição de tiro conhecida como Isósceles consiste em formar um triângulo isósceles (dois lados congruentes) entre os braços do atirador. Para isso, é necessário que os pés estejam paralelos e apontando direto para o alvo, mais ou menos na largura dos ombros. Nessa posição, os joelhos devem estar ligeiramente flexionados.

A grande vantagem deste método é a precisão horizontal dos disparos: com os pés apontados para o alvo e a arma centralizada em relação ao tronco do atirador, é bem provável que a visada necessite de muito pouco ajuste horizontal. Todavia, o alinhamento vertical pode ficar comprometido, usualmente errado para um local mais baixo em relação a onde se deseja atingir.

Trata-se de posição importante para quem utiliza colete balístico, pois “oferece” ao inimigo a porção mais protegida do acessório (frontal).

Infelizmente, ao mesmo tempo, a posição isósceles também deixa a silhueta do atirador enorme, facilitando a vida de quem deseja acertá-lo.

 

Weaver

Foto: Posição Weaver

 

Inventada por Jack Weaver, a construção desta posição consiste em produzir um afastamento antero-posterior das pernas do atirador, girando ligeiramente o tronco ao apontar o ombro da mão de suporte em direção ao alvo.

Nessa posição, os cotovelos devem permanecer um pouco flexionados e a mão de suporte pressiona a arma contra a mão que efetuará os disparos, mantendo a arma presa.

A vantagem da posição é reduzir a silhueta do atirador, todavia, para aqueles que utilizam colete balístico, tem a desvantagem de “oferecer” ao inimigo exatamente a lateral, menos protegida, do acessório.

 

Weaver Modificado

Foto: Esq.: Weaver Original, Dir.: Weaver Modificado

 No Weaver Modificado, o braço da mão principal do atirador fica totalmente estendido, proporcionando maior estabilidade à arma, quanto aos recuos.


Isósceles Modificado

Há quem fale ainda na posição “Isósceles Modificado”, que se diferencia da Isósceles Original na medida em que o centro de gravidade do atirador é deslocado para a frente. Existe uma celeuma sobre as vantagens e desvantagens desta modificação, portanto vamos nos ater à simples menção da técnica.

 

Tática

Recentemente “oficializada” no mundo do tiro, a posição que ficou conhecida como “Tática” é a consequência óbvia das observações citadas até o presente.

Ela consiste em um pequeno afastamento antero-posterior das pernas do atirador, porém, mantendo o tronco voltado para o alvo. Isso implica a continuidade da cobertura do atirador pela veste balística e é o padrão que vem sendo mais utilizado por grupos táticos modernos.

 

Considerações Finais

 Não existe uma posição melhor que a outra. Ao atirador bem preparado é necessário conhecer as características, vantagens e desvantagens de cada uma destas posições para, em uma situação específica, escolher a que melhor se enquadra.

Treinar e experimentar cada uma delas é fundamental não somente na fase de preparação, mas por toda a vida de quem utiliza armas de fogo.



Fonte:

Defesa



Nenhum comentário