Foto Histórica

 

Eugene Stoner and Mikhail Kalashnikov


O criador da AK-47, Mikhail Kalashnikov, segura uma M-16 enquanto Eugene Stoner, o criador da M-16, segura uma AK-47. Concorrentes diretas na Guerra Fria, as duas armas marcaram uma época. A primeira, de fabricação russa, teve mais de 100 milhões de unidades fabricadas e é usada ainda hoje por grupos terroristas, milícias e exércitos em sua maioria pouco treinados. A segunda, de fabricação americana, é mais precisa e mais complexa que sua rival, o que dificulta seu uso por grupos com baixo treinamento militar.

O fuzil americano tem calibre 5,56x45mm, com poder de perfração inferior e letalidade praticamente equivalente ao 7,62x39mm do fuzil russo. A arma russa, todavia, pode ser montada e desmontada em um intervalo de tempo muito mais curto do que a americana, além de travar menos.

Todavia, a maior diferença entre as armas é a precisão e o recuo. O fuzil americano é mais preciso e apresenta um recuo menor que o fuzil russo, permitindo tiros no modo automático e de longa distância mais precisos.

O criador da AK-47, Mikhail Kalashnikov, segura uma M-16 enquanto Eugene Stoner, o criador da M-16, segura uma AK-47.


Nenhum comentário