A saudação militar: origem, tipos e curiosidades


 

A origem da saudação militar

A origem da saudação militar é incerta. Uma possível explicação tem sua origem na Idade Média, quando os cavaleiros carregavam capacetes de metal que cobriam o rosto com uma viseira dobrável. 

Alguns acreditam que o gesto de levar a ponta dos dedos ao templo evoca o movimento que os cavaleiros fizeram ao levantar a viseira de seus capacetes antes do combate, como um gesto de respeito e saudação ao inimigo.

A desvantagem dessa explicação é que, se a saudação militar tivesse origem medieval, ela teria sido usada em maior ou menor extensão por séculos, mas a realidade é que é uma saudação bastante recente, que se estendeu até a Era Contemporânea.

Outra explicação, mais provavelmente, aponta que séculos atrás havia o hábito de saudar um superior levantando o chapéu. 

No século XVIII, as ordenanças do exército britânico suprimiram a obrigação de descobrir a cabeça para cumprimentar um superior. 

Em vez disso, o costume de agarrar a ponta do chapéu foi estabelecido como se fosse para tirá-lo, um gesto que daria origem à saudação militar que conhecemos hoje. Talvez isso explique um detalhe: como regra geral, em quase todos os exércitos, os soldados são isentos de saudações militares se não usarem capacete.

Os dois principais tipos de saudações militares

Atualmente, e com algumas exceções que apontarei abaixo, no mundo, as saudações militares são divididas em dois tipos principais: com a palma para baixo e a palma para a frente.

A saudação com a palma da mão para baixo consiste em levantar o braço, deixando-o em ângulo reto com o corpo, esticando o antebraço em direção à têmpora direita, com a mão estendida e a palma da mão voltada para o chão. 

Essa saudação é a usada nas forças armadas dos EUA, Rússia, China, Espanha , Portugal, Itália, Alemanha, Áustria, Bélgica, Holanda, Irlanda, Turquia e praticamente todos os países da Europa Central e Oriental e em todo o mundo. países da América Central e do Sul e também nas forças navais do Reino Unido e da Commonwealth: Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Índia, Paquistão e outros 


Fonte:

Use Militar


_______________________________________________________

O Guia do Atirador!  

 

Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!



_________________________________________________________



Nenhum comentário