A 2A não é sobre caçar patos ou praticar esporte




A 2A não é sobre caçar patos ou praticar esporte



Suzanna Gratia Hupp portava sua arma por mais de 20 anos. Com a chegada das Gun Free Zone, ela entrou em um dilema ao ter que encontrar com sua família em uma cafeteria no Texas, afetada na época por estas novas leis GFZ, onde sempre relatou que teve que escolher entre deixar a arma no carro e seguir a lei, ou desobedecer e entrar com a arma escondida na bolsa. Ela, cidadã bem intencionada, seguiu a lei, pois é o que se espera de um cidadão idôneo. O grande problema é exatamente este, uma lei ruim será seguida. E este foi o erro dela. Um indivíduo, cujo termo técnico é “atirador ativo” entrou na cafeteria, gritou “Foi isso que vocês fizeram comigo e com minha família! É hora do troco!” e começou a atirar nas pessoas, matando 23 pessoas, entre eles o pai e mãe de Suzanna, e ferindo 27.
O evento ficou conhecido como Luby’s Shooting para interessados na história inteira, na qual, recomendo fortemente, principalmente por dois pontos, onde o primeiro deles é sobre um pacote anti-crime que foi votado e dentro deste pacote havia controle de armas, felizmente não passou até o presidente George W Bush, que muitos, erroneamente, acreditam que seja armamentista, forçando a lei a passar. O outro ponto especial é o discurso histórico de Suzanna Hupp. Um trecho está transcrito abaixo e todo o discurso foi majestosamente traduzido pelo canal Tradutores de Direita, que pode ser conferido abaixo:


Transcrição do trecho

“Estou furiosa com meus legisladores, por legislarem contra meu direito de me proteger e proteger minha família. Antes eu estivesse numa prisão com a acusação de crime doloso sobre mim, e tivesse meus pais vivos.
Quanto as tão faladas armas de assalto, vocês dizem que elas não tem nenhum uso defensivo. Digam isso para o cara que vi no videotape de um tumulto em Los Angeles, posicionado no topo de seu telhado, protegendo sua propriedade e sua vida de uma multidão inteira com uma destas tão propaladas armas de assalto. Digam-me que ele não teve um uso legítimo de auto defesa.
Apenas uma declaração final, tenho estado sentada aqui me fartando mais e mais com toda essa conversa sobre estas máquinas não terem propósito esportivo legítimo, nem legítimo propósito de caça. Pessoal, esta não é a questão da Segunda Emenda. A Segunda emenda não diz respeito a caçar patos. E sei que não farei muitos amigos dizendo isto, mas trata-se de todos os direitos, todos os nossos direitos (aponta para os cidadãos), de sermos capazes de nos proteger de todos os caras como vocês aí (aponta para os políticos)”

Defend the 1st with the 2nd

Com essa simples, fantástica e eterna aula de história sobre o que é a liberdade de ter e portar armas na qual a 2A se refere, vale a pena lembrar que ela é quem garante as demais liberdades. Não atoa, existe um ditado que diz “Defend the 1st with the 2nd”, que em tradução livre é algo como “Defenda a Primeira Emenda usando a Segunda”. A primeira emenda diz respeito a liberdade de expressão, de imprensa, de religião e da livre associação pacífica e que o governo jamais pode proibir ou impedir esses itens. Além disso, é justamente quando a Constituição não é respeitada, quando as tão clamadas “vias democráticas” não funcionam mais, é que a 2A entra em ação.



Curiosidade

É sobre o exemplo abaixo que Suzanna Hupp e a 2A falam:


Fonte:

Defesa



Nenhum comentário