Sistemas S-500 permitirão à Rússia se defender contra ameaças espaciais, diz especialista

ameaças espaciais



Como o Sistemas S-500 permitirá que à Rússia, se defenderá contra ameaças espaciais?




A empresa fabricante dos sistemas russos S-500, a Almaz-Antey, confirmou recentemente que diversos componentes do sistema de próxima geração já foram desenvolvidos e submetidos a testes, enquanto todo o complexo deve ser testado no final de 2020.

______________________

Antes do texto, quero te apresentar um de nossos produtos:
O Guia do Atirador!  


"Afinal, isso aqui não é um blog comunista." 


Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!




______________________

O S-500 não é um sistema convencional de defesa antiaérea e antimísseis, mas sim uma arma anti-espacial que mudará as capacidades de defesa da Rússia, ressaltou Sergei Khatylev, especialista militar e ex-chefe das tropas de mísseis do Comando de Forças Especiais da Força Aérea da Rússia.
"Este sistema é capaz de destruir alvos a altitudes de quase 200 quilômetros, com um alcance de até 600 quilômetros. Dessa maneira, o S-500 é capaz de destruir alvos no espaço. É uma arma anti-espacial", afirmou o especialista durante entrevista ao jornal Moskovskiy Komsomolets.
Khatylev também ressaltou que o S-500 pode realizar uma ampla gama de missões, como detectar e destruir alvos aerodinâmicos convencionais, como aviões e helicópteros, mísseis de cruzeiro, bem como abater alvos balísticos, não só na parte descendente como em todas as outras fases de sua trajetória, com uma velocidade cósmica de diversos quilômetros por segundo.
Sistema russo de mísseis anti-balísticos S-300VM Antey-2500. Os sistema de mísseis terra-ar do tipo S-300-S são projetados para abater uma variedade de mísseis balísticos de curto e médio alcance dentro de uma faixa de 2.500 km
© SPUTNIK / ALEKSANDR VILF
Sistema russo de mísseis anti-balísticos S-300VM "Antey-2500." Os sistema de mísseis terra-ar do tipo S-300-S são projetados para abater uma variedade de mísseis balísticos de curto e médio alcance dentro de uma faixa de 2.500 km
"O complexo apresenta uma abordagem por compartimentação, com um radar operando contra alvos que voem em altitude máxima, enquanto outro é utilizado contra aqueles que voem próximo do solo em altitudes de até 30 quilômetros", explica.
O especialista assegurou que "com a chegada de um sistema como o S-500, podemos falar da defesa antimísseis de territórios inteiros".
"Posteriormente, com o aumento da produção e aperfeiçoamento destes sistemas, falaremos da defesa antimísseis do país em seu conjunto e da criação sobre esta base da Defesa Aérea e Espacial de toda a Federação Russa", concluiu.
No final do ano passado, o Ministério da Defesa da Rússia informou que os testes começariam em 2020, com entregas previstas para 2025.

Fonte:




Nenhum comentário