Carabinas CBC Impala 322 e 422 - Calibre .22

Carabina CBC Impala 422



Carabinas CBC Impala 322 e 422





As carabinas Impala foi uma arma fabricada pela Companhia Brasileira de cartuchos – CBC, entre os anos de 1983 até 1993 quando teve sua produção descontinuada.

Foi fabricada com a finalidade de atender a praticantes de tiro esportivo que atiravam em provas de 25 metros usando o calibre .22 LR e que precisavam de uma arma melhor para o esporte, que as armas disponíveis à época...

______________________

Antes do texto, quero te apresentar um de nossos produtos:
O Guia do Atirador!  


"Afinal, isso aqui não é um blog comunista." 


Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!



______________________

Os modelos apresentados dessas carabinas eram a “Master 422” e “Match-master 322”. A diferença entre ambos os modelos era que a Impala 322 possuía um cano mais pesado e carregador para 6 munições embutido dentro da própria coronha e que só permitia seu remuniciamento quando a culatra estivesse aberta enquanto na Impala 422 um cano mais leve e um carregador destacável para 10 munições que permitia ser carregado estando o mesmo destacado da arma.
Trata-se de uma arma de ação por ferrolho, dotada de um gatilho que permitia ajustes em seu curso, pressão e posição de tecla.
Tinha uma coronha em estilo Monte Carlo com excelente acabamento e muito bem balanceada, empunhadura tipo pistola e com partes anti-derrapante, soleira com amortecedor ventilado feito de borracha. Em suas últimas versões a soleira passou a ser sólida porém com regulagem em altura. Possuía um trilho de alumínio no fuste (parte abaixo do cano) para uso de diversos acessórios, tais como, contra-pesos, bandoleira, etc. Também tinha cavidades em seu interior que serviam para ser colocados pesos extras.

As carabinas Impala tinham como aparelhos de pontaria uma massa de mira tipo “túnel”, que possuía um pequeno anel rosqueado que permitia a troca e/ou remoção do retículo ou tipo de massa que o atirador desejasse. O túnel era montado em duas canaletas que era usinadas e também poderia ser removido de maneira fácil. Também contava com alça de mira regulável que permitia correções horizontais e verticais. Opcionalmente a CBC oferecia “dioptros” (acessório usado em competições no calibre .22 em distancia de 50 metros).

Em ambos os modelos a trava de segurança ficava no lado direito e em posição fácil de ser utilizada pelos atiradores.
A CBC fabricou cerca de 4000 armas até o término da produção das Impalas e isso fez com mais uma vez o mercado nacional dependa de armas importadas para a prática do tiro esportivo nessas modalidades em que competia.





Fonte:









Nenhum comentário