Header Ads

ad

Guia da Sobrevivência na Floresta: 5 Formas de Purificar Água

Guia da Sobrevivência na Floresta



Sobrevivência na Floresta: 5 Formas de Purificar Água


Quando vamos planejar uma atividade esportiva na floresta ou mesmo um acampamento, é fundamental pensar na quantidade de água necessária. Algumas vezes, você consegue levar todo o volume desse líquido, mas, em outras situações isso não é possível. A melhor solução para essas circunstâncias é purificar a água encontrada no local.

Você até pode encontrar uma água aparentemente limpa, mas ela nunca pode ser bebida diretamente. Para tomar a água com segurança, é preciso submetê-la a um processo de purificação. Então, pode surgir a seguinte pergunta: como purificar água no meio da floresta?
Nesse post vamos explicar 5 métodos para que você possa purificar a água encontrada na natureza, além de apresentar elementos que indicam a sua presença e como encontrá-la. Confira!

______________________

Antes do texto, quero te apresentar um de nossos produtos:
O Guia do Atirador!  


"Afinal, isso aqui não é um blog comunista." 


Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!




______________________


1. Filtragem

O primeiro passo para purificação é filtrar a água. Esse método é bem simples e serve para eliminar os resíduos sólidos, como folhas e insetos.
A filtragem consiste na utilização de um pano (meia, camisa, lenço ou qualquer tecido limpo) que vai funcionar como filtro, retendo impurezas e sedimentos maiores que estejam misturados na água.
Se você tiver uma garrafa PET e encontrar areia, pedras e carvão, uma outra opção é montar um filtro da seguinte maneira:
  • Corte o fundo da garrafa como se ele fosse virar um copo;
  • Vede o gargalo com pano ou algodão;
  • Posicione o gargalo para baixo encaixando-o sobre o fundo da garrafa;
  • Acima do algodão, faça uma camada de carvão, outra de areia e outra com pedras.
Esse filtro é bastante eficaz, retendo partículas menores. Como o carvão tem capacidade de se fundir a outras moléculas, alguns contaminantes químicos também podem ser retidos por ele.

2. Fervura

Mesmo que a água já tenha sido filtrada, o ideal é purificá-la com a fervura. Esse método é capaz de matar a maioria dos parasitas e das bactérias presentes na água. Para esse processo, você vai precisar de uma lata de alumínio e uma fogueira. Ferva a água por cerca de dez minutos e depois a armazene em um recipiente.
Se não houver lata de alumínio disponível, use uma garrafa plástica, enchendo-a completamente de água, sem permitir espaço para o ar. Então, é só colocar a garrafa fechada nas brasas quentes. A falta de ar não permite o derretimento do plástico.
Caso não haja quantidade suficiente de água para encher a garrafa, suspenda-a sobre o fogo com o auxílio de uma corda, de forma que as chamas não a alcancem.


3. Método Sodis

Esse método utiliza a luz do sol para matar os microrganismos patogênicos presentes na água. Depois de filtrada, a água deve ser colocada em garrafas plásticas transparentes e expostas à luz solar durante seis horas.
A radiação proveniente do sol vai purificar a água matando bactérias e vírus. Se o tempo estiver nublado, é necessário que as garrafas fiquem expostas durante 2 dias. Também é importante não esquecer de manter os recipientes fechados.


4. Iodo

Sabe aquele iodo encontrado na farmácia? Além de passá-lo nos ferimentos, ele pode ser utilizado para purificar a água. Coloque 2 gotas de iodo por litro de água e espere 20 minutos para consumi-la.
Esse processo pode deixar a água com um sabor um pouco amargo, mas não deixe de adotá-lo se ele for o único método acessível no momento.

5. Cloro

Também nas farmácias, se encontra comprimidos purificantes a base de cloro. Eles agem matando vírus e bactérias, tornando a água potável para seu consumo.
Assim como acontece com a utilização do iodo, esses comprimidos podem deixar a água com um sabor desagradável. Tente despejar a água, várias vezes, de um recipiente para o outro. Esse movimento irá amenizar o sabor da água por meio da sua oxigenação.
A água sanitária também pode ser utilizada para esse tipo de tratamento, já que ela é composta por cloro ativo. É só colocar 2 gotas em um litro de água e esperar 10 minutos para o consumo.
Depois de conhecer 5 métodos para purificar a água, é importante saber quais elementos são indicadores da presença de água e onde encontrá-la.

Indicadores de água

Existem alguns indicadores que podem te mostrar se existe água por perto, são eles:
  • Presença de animais ruminantes: esses animais precisam de água ao amanhecer e ao anoitecer. Se você vir algum desses animais nesses períodos, é um indicativo de que há água por perto;
  • Enxame de insetos: abelhas e formigas também indicam proximidade à fonte de água;
  • Abundância de vegetação variada: essa paisagem indica presença de água superficial;
  • Vales: vertentes inclinadas de vales podem abrigar lençóis de água;
  • Rastros de animais: assim como nós, os animais necessitam de água, por isso seus rastros podem levar a locais que tenham água.


Onde encontrar água

Se a sua aventura for em uma selva tropical, encontrar água pode ser mais fácil, já que nesses lugares as chuvas torrenciais são constantes. Portanto, muitas poças e pequenos riachos podem ser encontrados, facilmente.
Mas se seu destino não é uma floresta tropical, existem outras fontes. Veja abaixo uma lista de locais, nos quais você pode localizar água.
  • Rios e lagos: esses são os principais lugares para encontrar água na floresta. É só ter uma lata ou uma garrafa para fazer a coleta.
  • Precipitação: se você tiver um recipiente com a boca mais larga, é só colocá-lo em área aberta para captar a água da chuva. Outra forma é colocar um plástico sobre um buraco e prender suas bordas com pedras ou terra. Esse método irá formar um pequeno reservatório.
  • Orvalho matinal: para conseguir água a partir do orvalho, é só acordar bem cedo e verificar se o clima está úmido. Pegue uma camisa seca e passe sobre a mata. Torça a camisa sobre um recipiente e você terá água.
  • Cipó d’água: se essa planta for localizada, é só cortá-la! Esse cipó é capaz de armazenar muito líquido.
  • Frutas e plantas: muitas frutas e plantas são compostas por água. Por isso, comer esses alimentos ajuda na hidratação.
Após encontrar água na floresta, é preciso definir qual método utilizar para purificá-la, baseando-se nos instrumentos disponíveis no momento. Se possível, mais de uma metodologia pode ser adotada.
Quando for preparar a sua mochila, coloque comprimidos purificantes e um pedaço de tecido para servir de filtro. Esses objetos são leves e não vão ocupar muito espaço. Não deixe de levar um cantil ou uma garrafa para o armazenamento da água.
E você, está preparado para purificar água na floresta? Aproveite para ler o nosso post sobre desidratação e veja a importância de se manter hidratado.

Fonte:

Nenhum comentário