Header Ads

ad

O Calibre 6,35 Browning (.25 AUTO)



O calibre 6,35 Browning ou .25 ACP foi projetado por Jonh Moses Browning (também criador das famosas pistolas M1911 e de outras armas e calibres) em 1905.

Seu desenvolvimento foi destinado para armas diminutas e porte velado e totalmente dissimulado. A aplicação prática é para tiros a curtíssima distância. É um calibre bastante popular aqui no Brasil embora não seja indicado para defesa pessoal em virtude de seu poder de parada (stoping power) ser muito baixo.

Sua popularidade aqui no Brasil é decorrente da baixa confiabilidade das munições em calibre 22 LR que usam o sistema de fogo circular (mais sujeitas a falhas) enquanto que o calibre 6,35 Browning usa o sistema de fogo central. Da mesma forma, armas semi-automáticas que usam o calibre 22 LR também são sujeitas a mais falhas que as armas que "calçam" o 6,35 pois os projéteis do 22 LR são de chumbo (é comum deixarem farpas durante a alimentação entre um disparo e outro) enquanto no calibre 6,35 Browning os projéteis são jaquetados e consequentemente mais duros. 

No mercado norte-americano é comum encontrar munições do calibre 6,35 Browning com projéteis do tipo "hollow point" (ponta oca) que como se sabe, possui uma cavidade na ponta que proporciona sua expansão quando atinge obstáculos de consistência típica de tecidos humanos aumentando assim, seu diâmetro e consequentemente transmitindo mais energia (poder de parada).



Acima o calibre 6,35 Browning / 25 AUTO com projétil do tipo ponta oca. Veja abaixo sua expansão após atingir um alvo similar a consistência humana.





Atualmente o calibre 6,35 Browning / 25 auto é mais utilizado como terceira arma, ou seja, reserva da arma reserva devido suas características. Todavia, isso não quer dizer que não se possa parar o oponente com um único disparo, mas desde que tiro seja "bem colocado..." ou seja, na cabeça ou coração. Imagine um oponente armado com uma arma de fogo ou mesmo uma faca bastante próximo de você e ser necessário disparar todas as munições no intuito de parar a agressão. Certamente seu advogado terá bastante trabalho para lhe defender em virtude da quantidade de tiros.

Por ser um calibre destinado a armas pequenas e de fácil ocultação, tais armas que utilizam esse calibre não deixa de ser seu último recurso.


.25 ACP
.25 ACP.jpg
O calibre 6,35 Browning /.25 Auto com escala
TipoPistola
Lugar de origemBélgica
História de produção
DesenhistaJohn Browning
Projetado1905
Produzido1905-presente
Especificações
Caso-tipoSemi-aro, reto
 Diâmetro da bala0,251 pol. (6,4 mm)
Diâmetro do pescoço276 pol. (7,0 mm)
Diâmetro da base0,278 pol. (7,1 mm)
Diâmetro da jante302 pol. (7,7 mm)
Espessura da jante0,043 pol. (1,1 mm)
Comprimento do caso615 in (15,6 mm)
Comprimento total0,91 pol. (23 mm)

Desempenho balístico
Massa / tipo de balaVelocidadeEnergia
35 gr (2 g) JHP900 pés / s (270 m / s)63 ft⋅lbf (85 J)
45 gr (3 g) JHP815 ft / s (248 m / s)66 ft⋅lbf (89 J)
50 gr (3 g) FMJ760 pés / s (230 m / s)65 ft⋅lbf (88 J)
Comprimento do cano de teste: 2 "  

Fonte:



Nenhum comentário