Header Ads

ad

Como funciona o Caveirão?





Antes de falarmos como funciona esse "Carro da Morte", quero te apresentar um de nossos produtos:
O Guia do Atirador!  

"Afinal, isso aqui não é um blog comunista." 

Você já pensou em ter sua CR (Certificado de Registro)?

Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.


Clica na imagem e solicite seu manual!







_______________________________________________________________


Também temos que dizer um pouco sobre ele...


Caveirão é o nome popular do carro blindado usado pelo batalhão de operações policiais especiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro em incursões nas favelas na capital fluminense. Oficialmente, o nome desse carro blindado é, veículo blindado de transporte de pessoal. 

Diferente do que a maioria das pessoas pensam, ele não é um carro de combate, ele é um carro de apoio. É utilizado para apoiar os policiais em operações ou resgatar policiais e pessoas feridas nas localidades conflagradas pelo crime organizado.

Veículos policiais especiais usados para intervenções nos guetos, foram inicialmente utilizados na África do Sul, entre 1948 e 1994, pelo regime segregacionista do apartheid.




Esse tipo de veiculo é costumeiramente usado em países como os EUA para enfrentar bandidos fortemente armados, com os quais uma blindagem comum ou mesmo a falta dessa poderia vir a ocasionar lesões graves a policiais. Seguindo o mesmo preceito, é usado nas favelas da cidade do Rio de Janeiro devido ao armamento usado pelos traficantes: fuzis, granadas e armas anti-aéreas.

De acordo com estimativas da Secretaria de Estado de Segurança Pública o uso desses veículos blindados reduziu pela metade o número de mortes entre os policiais nas operações contra os narcotraficantes.



Resultado de imagem para Caveirão



O Caveirão é um veículo blindado que pode comportar até 11 policiais e é usado quando rolam encrencas das bravas nas favelas do Rio de Janeiro. Para isso, ele precisa ter uma proteção pra lá de reforçada. 

Na verdade, o Caveirão é um carro-forte, como os que transportam dinheiro de bancos, adaptado para abrigar as tropas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), um esquadrão de elite da Polícia Militar do Rio que só age em missões em zonas perigosas, contra inimigos entrincheirados e fortemente armados. 

Ele tem cerca de 3 metros de altura, 5,6 metros de comprimento e pesa quase 8 toneladas (o mesmo que uma baleia orca!). Mesmo assim, alcança uma velocidade de 120 km/h. Como qualquer veículo blindado, não pode ficar tranquilamente sob fogo contínuo. Mesmo com toda a proteção que ele oferece, os policiais precisam agir rápido, antes que as avarias sejam tantas que as balas comecem a entrar – e com o armamento que os bandidos brasileiros costumam ter, isso nem demora tanto… 

Os veículos foram adquiridos em 2004 para ser usados contra o crime organizado nas operações realizadas nas favelas. Nesses locais a polícia costuma ser alvo fácil, pois do alto dos morros tem-se uma visão privilegiada de quem entra. Por isso, usar um veículo seguro é vital.


Fortaleza ambulante
Carroceria e pneus têm uma blindagem reforçada para proteger os policiais
TIROS CERTOS
O Caveirão não possui armas acopladas. Os policiais atiram através de 20 seteiras, buracos protegidos por portinholas. O cano das armas se move cerca de 50 graus para cima e para baixo. Mas, como é difícil atirar com precisão,os policiais recebem treinamento para só disparar na hora H
DENTRO DO CARRO
O Caveirão leva até 11 policiais. Além do motorista e do que vai no banco ao lado, um fica em pé logo atrás desses dois, na torre. Ocupam o restante do veículo mais oito homens, sempre sentados: quatro virados para a lateral esquerda, quatro para a direita
BLINDAGEM PESADA
A carroceria é totalmente blindada com chapas de balístico (um aço especial) e mantas de aramida. Entre os vidros há películas de substâncias bem resistentes, como polivinil butiral, policarbonato e poliuretano. Além disso, escudos de aço são baixados sobre o pára-brisa quando se está sob tiroteio
POR QUE CAVEIRÃO?
O monstrengo foi batizado como Caveirão por causa do símbolo do BOPE: uma caveira com um punhal fincado no cocuruto e duas garruchas (umas pistolas antigas que talvez você tenha visto nos filmes da série Piratas do Caribe) douradas cruzadas atrás
RODAS REFORÇADAS
Entre as rodas e os pneus do veículo é instalado um anel, como se fosse outra roda, feita de aço reforçado. Essa blindagem propicia mais tempo caso seja necessária uma fuga. Mesmo se os pneus forem atingidos por tiros, o Caveirão consegue rodar cerca de 20 km, a uma velocidade de 80 km/h

















Fonte:

Super Interessante

Wikipedia


Nenhum comentário