Header Ads

ad

RPG-2

Resultado de imagem para RPG-2


O RPG-2 foi o primeiro lançador de granadas com propulsão a foguete projetado na União Soviética.

O RPG-2 era um lançador de granadas com propulsão a foguete portátil, disparado do ombro e anti-tanque.  Os principais atributos do RPG-2 eram a robustez, simplicidade e baixo custo. No entanto o seu alcance curto e imprecisão levou à sua eventual substituição pela mais eficaz RPG-7. 

Amplamente distribuídos aos aliados da União Soviética, também foi produzido sob licença por outros países, incluindo China e Vietnã do Norte. Amplamente utilizada contra os militares dos EUA na Guerra do Vietnã, suas variantes vietnamitas foram chamados de B-40 e B-50.

 

Desenvolvido em 1947, a primeira entrega para o Exército Soviético foi em 1949, o RPG-2 foi implantado em um nível de esquadrões. Embora o RPG-2 pudesse ser operado por um homem, a prática militar padrão pedia por uma guarnição de dois homens: um granadeiro carregando o lançador e uma mochila contendo 3 granadas, feita para este propósito, e um assistente armado com um rifle e carregando uma outra mochila com 3 granadas.

 


Descrição


O lançador de foguetes RPG-2 é um simples tubo de aço de 40 mm em que a granada com propulsão a foguete PG-2 de 82 mm é encaixada. A seção central do tubo tem uma fina cobertura de madeira para proteger o usuário do calor gerado por um lançamento de foguete. O revestimento de madeira também permite que a arma seja usada em condições extremas de frio mais facilmente.

O comprimento total da arma equipada com uma granada era de 120 centímetros e pesava 4,48 kg. Apenas uma mira simples de ferro foi colocada para se fazer a mira.


Apenas um tipo de granada, o PG-2 HEAT (High Explosive Anti-Tank), foi usado no RPG-2. O propulsor estava numa caixa de papelão que tinha de ser ligado à granada antes de carregar. Uma vez ligado à carga propulsora a granada era inserida no lançador de alma lisa, na parte da frente.

Para disparar o RPG-2 o granadeiro inclina um cão externo com o polegar, mira, e puxa o gatilho para disparar. Após o disparo, seis aletas estabilizadoras desdobradam da granada. A arma era precisa contra alvos estacionários somente até 150 metros, e contra alvos móveis a distâncias de menos de 100 metros. Tinha uma velocidade de boca de 84 metros por segundo, e poderia penetrar uma blindagem de até 180 milímetros de espessura.

Usuários


Camboja
China
Egito
Hungria
Laos
Líbia
Macedônia
Mianmar
Polônia
Frente Moro de Libertação Nacional 
Somália
Somalilândia 
União Soviética
Tailândia
Vietnã
Iugoslávia


Ficha Técnica

Tipo: Lançador de granadas com propulsão a foguete
País de Origen: União Soviética
Tempo em serviço: 1949 - atualmente
Guerras: 1° Guerra da Indochina, Guerra do Vietnã, Guerra Civil do Camboja, Guerra Camboja - Vietnã, Guerra Sino - Vietnamita, impasse de 2008 entre Camboja - Tailândia
Fabricante: Fábricas Estado
Variantes: M57 (República Federal da Yugoslávia), B-40 e B-50 (Vietnã, Camboja), PG-7 (Egito), e Tipo 56 RPG (China)
Peso: 2.83kg, 4.67kg (carregado)
Comprimento: 650mm
Guarnição: 2 incluindo: granadeiro e seu auxiliar
Munição: PG-2 HEAT 
Calibre: 40mm o tubo e 82mm a munição
Cadência de tiro: 3 - 4 tiros por minuto
Alcance efetivo: 100 - 150m
Alcance máximo: 199.95m



Fonte: 


História das Armas

Nenhum comentário