Header Ads

ad

Carregadores rápidos para revólver



Speed loaderJet Loader e Speed Strip são acessórios destinados para o remuniciamento de revólveres de forma mais rápida. Em todos os casos as munições ficam dispostas seja de forma circular ou perfiladas. Antes da introdução de carregadores rápidos para revólveres, a recarga de revólveres era tipicamente realizada carregando manualmente cada cartucho em cada câmara cartucho. Conheça as diferenças entre eles.


Speed Loader



Objeto cilíndrico onde as munições são introduzidas em suas respectivas cavidades. Com o revólvertotalmente  desmuniciado, coloca-se de uma só vez todas as munições no cilindro após as munições estarem alinhadas com as respectivas câmaras e gira-se um eixo central que é acionado pelo botão em sua parte superior e então, as munições são todas  liberadas naturalmente.










Jet Loader


Assim como o speed loader, o jet loader também é um objeto circular que comporta várias munições e que também serão introduzidas no cilindro do revólver para em seguida liberar todas as munições.

As principais diferenças entre o dois modelos que no caso do jet loader ele é um acessório maior que o speed loader e faz uso de molas que irão empurrar as munições para dentro da câmara após ser pressionado seu botão.

O inconveniente  do jet loader é de ser maior que o speed loader e segundo algumas pessoas, por fazer uso de molas ao longo do tempo elas poderiam "relaxar" caso o jet permanecesse sempre carregado.


Embora com a mesma finalidade, ambos tem funcionamento diferentes e agilizam bastante o remuniciamento dos revólveres e eles existem com capacidades variadas (5 munições, 6, etc.) assim como, calibres variados.


Speed Strip 



É um acessório plástico onde as munições são colocadas perfiladas em tira plástica e que pode ser reutilizável por várias vezes. A principal diferença entre os dois modelos abordados anteriormente, além de seu modelo ser totalmente diferente, só é possível colocar uma ou duas munições nas câmaras por vez. Esse modelo foi introduzido pela empresa Bianchi International e a principal intenção era fazer com que usuário não andasse com munições soltas em seu bolso.






Curiosidade


A HISTÓRIA DO JET LOADER - A PRIMEIRA PATENTE


Como a maioria das armas de fogo, o revólver sofre de uma limitação muito chata que afeta virtualmente qualquer pessoa que a utiliza em campo, uma vez que é necessário a grande quantidade de disparos, a arma necessita ser carregada, que na maioria das vezes necessita de um tempo significativo, que em meio ao combate o tempo é um luxo inestimável. Foi por esse motivo a criação do Speed loader.

O primeiro speed loader patenteado foi de William H. Bell em 1879. O dispositivo de Bell era um disco de metal simples com um mecanismo de bloqueio rotativo que continha espaço para seis munições. Quando usado em um revólver como o Smith & Wesson Lemon Squeezer, o speed loader soltava as 6 munições prontas no cilindro de forma extremamente rápida. Não está claro se o dispositivo de Bell já foi fabricado, mas certamente parece ser o primeiro de sua espécie.


Em 1893, um Sr. William de Courcy Prideaux, a pedido da rainha Vitória, patenteou um dispositivo que ele se referiu como um ‘cartridge-packet holder’. Este dispositivo era um disco circular com um dispositivo de mola de aço para 6 munições de calibre .455 para o revólver Webley britânico. Um projeto 1914 mais atrasado adicionou uma empunhadura na parte traseira do dispositivo. O dispositivo de Prideaux tornou-se popular entre os oficiais do exército.

O dispositivo de Priadeaux permitia que o revólver Webley britânico fosse recarregado muito mais rápido e mais eficiente em situações de alto estresse (mesmo na escuridão total). Como você poderia esperar, estes pequenos dispositivos viraram acessórios de combate dos oficiais britânicos que trouxeram para a guerra dos Boer e mais tarde na Primeira Guerra Mundial.


Embora o Sr. Prideaux vendesse muitos de seus dispositivos e disputasse uma competição com o Major Arthur Watson que produzia um carregador similar, por volta de 1919, com o aumento dos sistemas semi-automáticos, os carregadores de velocidade do revólver entraram uma fase da hibernação.



A Volta do Speed Loader


Apesar do interesse quase universal por novos projetos semi-automáticos de armas de fogo por militares de todo o mundo, a empresa norte-americana "Pachmayr", de Los Angeles construiu um speed loader composto de borracha e plástico para um projeto de J.M. Hunt na década de 1950 e a empresa "Matich" produziu um carregador semelhante em 1965, mas eles não foram muito bem sucedidos.

Em 1968, a "Dade Machine Screw Products" produziu um speed loader de revólver totalmente feito de plástico que comportava seis munições para se alinhar com os revólveres S & W K-frame, L-frame e Colt daquela época. Para torná-los baratos, leves, fáceis de fazer e confiáveis, a empresa construiu o corpo do speed loader de plástico. Um mola de aço fazia a tensão na base do cartucho para impedi-los de cair. Uma vez alinhado com o cilindro aberto e vazio do revólver, um botão central é pressionado para soltar as munições nas câmaras. Isso significava que o atirador médio depois de um pouco de prática poderia recarregar seu revólver em menos de quatro segundos, enquanto recarregar cada câmara individual à mão levava muito mais tempo.

Os carregadores de "Dade" eram os mais modernos de seu tempo e como os primeiros carregadores de velocidade, policiais individuais em todo o país começaram a comprá-los com seu próprio dinheiro. O fictício inspetor da polícia de São Francisco, "Harry Callahan", nos filmes de "Dirty Harry", carregou os speed loaders de Dade para seu S&W .44 Magnum, que sem dúvida contribuiu para o entusiasmo de sua adoção. 

Até o final dos anos 1970, bastante speed loaders foram vendidos para departamentos policiais e seus oficiais. Vendo isto, duas outras companhias, HKS e Safariland começam a produzir suas próprias versões muito melhoradas do speed loader.


Veja abaixo os vídeos explicativos destes equipamentos:






Fonte:



Nenhum comentário