Header Ads

ad

As armas de Hitler



Esta é foi uma das armas pessoais de Adolf Hitler. Trata-se de uma pistola Walther PP com um belíssimo acabamento lavrado e banhado a ouro, empunhadura em marfim com as iniciais AH em ouro e em calibre 7,65 mm (32 ACP). 

Essa pistola lhe foi presenteada por Carl Walther, o fundador da renomada empresa de armas Carl Walther G.M.B.H. Sportswaffen em 1939 por seu aniversário de 50 anos.

Adolf Hitler


A arma foi descoberta no final do mês de abril de 1945 pelo americano Ira Palm e um grupo de soldados alemães revoltados com o exército nazista. Eles conseguiram entrar no apartamento oficial de Adolf Hitler que ficava próximo da Chancelaria onde Ira Palm e fez várias buscas, terminando por encontrar essa Walther.

Quando do seu retorno para os EUA - ainda em 1945 - Ira Palm tinha a posse da arma e presenteou-a ao Pastor Charles Woodbridge que a manteve por somente dois anos até que a arma foi roubada. Charles fazia questão de alardear para todos que tinha a arma pessoal de Hitler e que a chamava de "a máquina do Diabo".

Eis que em 1950, após 3 anos do desaparecimento, surgiu em um catálogo de artigos destinados a leilão a foto da referida arma. A pistola Walther PP de Adolf Hitler não foi leiloada por que após algumas denúncias a policia de Kansas fez pesquisas e impediu que a arma fosse vendida. Após ser retirada do leilão, misteriosamente desapareceu mais uma vez.



A capa do catálogo

Passaram-se 16 anos, eis que surge novamente em outro leilão a pistola e dessa vez não houvem nenhum impedimento e a arma foi arrematada por Andrew Wright, que a manteve por mais de 20 anos.

A empresa Carl Walther G.M.B.H. Sportswaffen chegou a confirmar a veracidade. Da mesma maneira, algumas pessoas também testemunharam como autêntica e então, cientistas especializados examinaram a arma e  afirmaram ser autêntica. Foi então que em 1987 a pistola foi novamente leiloada para outro colecionador pela bagatela de 114 mil dólares, sendo esse o maior valor pago por uma arma de guerra, de sua categoria.

Especula-se que atualmente a Walther PP banhada a ouro de Adolf Hitler poderia ultrapassar a cifra de 4 milhões de dólares. Sem dúvida uma peça única.


A outra pistola de Hitler




Outra arma atribuída a Adolf Hitler é a pistola Menz Lilliput modelo 25 no calibre 6,35, também finamente trabalhada e toda banhada a ouro. Foi fabricada em 1938 por August Menz Company e presenteada a Hitler no começo da segunda guerra mundial por membros do partido nazista e foi encontrada durante a ocupação da Alemanha, em  um prédio do governo na cidade de Munique por um sargento norte-americano. 

Em suas laterais, tem escrito no ferrolho as inscrições "Doado a nosso venerado líder Adolf Hitler por seus camaradas da cidade de Munique" de um lado e no outro "Contra a frente vermelha, para a proteção de nosso líder".

A Menz lilliput desse artigo tem capacidade de 6 cartuchos, pesa 270 gramas e um comprimento total de apenas 104mm



As inscrições em um dos lados da arma





A pistola Menz Lilliput em seu belo estojo.


O revólver de Hitler





Outra arma que também é atribuida a Hitler é o revólver Smith & Wesson modelo “Lady Smith” Calibre .22 LR, com uma inscrição nº 709 e capacidade para 6 munições.

Segundo relatos, a arma foi descoberta no mês de maio de 1945 quando os aliados ocuparam a capital Munique próximo ao fim da guerra em uma residencia de Adolf Hitler.

Mesmo diante dos pesados bombardeios das forças aliadas sobre Munique, o prédio estava sem nenhuma avaria, diferentemente da maioria das edificações que estavam em frangalhos.

Foi então que um pequeno grupo de reconhecimento formado por 12 homens liderados pelo Sub-tenente Andrew Sivi tomou o local. Ao adentrar no recinto, por volta das 18:45 hrs, o grupo encontrou uma mulher por nome de Frau Winter que era quem cuidava do local e Sivi perguntou onde estava os moradores da residencia no que prontamente ela respondeu que não estavam. 

Após um breve diálogo, o grupo solicitou hospedagem, no que foi prontamente atendido (seria difícil negar) e os soldados ocuparam vários cômodos. Durante a ocasião, o sub-tenente se deparou com um belíssimo gabinete, muito bem decorado e achou em seu interior alguns papéis que tinham timbrados as iniciais "AH", fotografias, livros e esse pequeno revólver.


A caso de Hitler, nº 16, na Prinzregentenstrasse, retratada na década de 1930. Observe a tapeçaria nazista 
pendurada na varanda.


O sub-tenente indagou Frau Winter de quem era aquelas iniciais e prontamente ela respondeu tratar-se de Adolf Hitler. 

Segundo comenta-se, o revólver tinha sido usado de forma oculta por Hitler durante muitos anos após a primeira guerra mundial e foi com ele que sua sobrinha "Geli" suicidou-se em 1931. 

Existe controvérsias sobre o número 709 que tinha inscrito no revólver. Para alguns, o número 709 seria o número de série da arma mas para outros o modelo. Entretanto, para o historiador oficial da fabricante Smith & Wesson, Sr. RG Jinks, numa carta datada de 02 de setembro de 1982 e endereçada ao Coronel Larry Michael (na época o atual proprietário da arma), este modelo de revólver foi introduzido pela S&W em 1902 e fabricado até 1921. Diz ainda que foram fabricados somente 26.154 unidades e que a arma em questão foi enviada pela Smith & Wesson para a empresa André Schaub & Piaso, em Paris no dia 23 de março de 1903.

Como todos sabem, a primeira guerra mundial surgiu em 1914 e este revólver foi enviado para a Europa alguns anos antes. Acontece que um jovem nacionalista austríaco e praticamente desconhecido (cabo Hitler) não era diferente de todos os outros Landsers (GI's)que buscavam ativamente por valiosas e interessantes lembranças de guerra. Segundo as histórias de guerra, o cabo Hitler foi pessoalmente responsável pela tomada de vários prisioneiros franceses durante combates, coisa esta que lhe rendeu a "cruz de ferro", de primeira classe. Desta forma, deve-se considerar que tal arma poderia estar sendo usada por algum prisioneiro francês e o revólver poderia fazer parte de "despojos de guerra" pois conforme dito mais acima, o revólver foi enviado para a França.

Verdade ou não, certamente este revólver vale um bom dinheiro...


Fonte:



Nenhum comentário