Header Ads

ad

As 6 Armas preferidas pelos Gângsters nas décadas de 20 a 30





Na década de 1920 e 30, as armas eram, sem dúvidaas melhores amigas dos Gangsters. Eles sempre carregavam armas automáticas e semi-automática, tanto para enfrentar as gangs rivais, quanto para se defender dos policiais que, na sua maioria eram equipados com revólveres calibre .38 e espingardas calibre 12.


Segue abaixo as 6 armas preferidas pelos gangsters americanos:


1) Colt Police Positive calibre .38

PolicePositive 38
Na primeira metade do século XX, o Colt Police Positive calibre .38, geralmente usado pela polícia, era um revólver comum e pouco potente. Com um comprimento de cano de menos de 6,5 cm (2 ½ polegadas), os gangsters poderiam carregá-lo escondido como arma pessoal. No calibre .38 a velocidade inicial do projétil é de cerca de 767 quilômetros por hora, e usa balas de 158 grains.
O gângster Al Capone também usou um Colt Positive Police.38. Em junho de 2011 um colecionador particular, vendeu a pistola original de Capone na “Christie”, (celebre casa de leilões), pela a soma de $ 109,080 cerca de 300.000 reais. A arma veio com uma carta assinada pela irmã de Al Capone, que confirmava sua autenticidade.

2) Colt 1908 Pocket Hammerless - Calibre 380 ACP.

Colt-1908-Pocket-Hammerless-.380-ACP

O Colt modelo 1908 Pocket  Hammerless calibre.32 ACP, é uma pistola de recarga  semi-automática projetada por John Browning e construída pela Colt. Esta arma dispara uma bala de 90 grãos a 1000 metros por segundo, tornando-a um pouco mais eficaz  que o antecessor modelo 1903 Hammer 32 ACP, embora as armas sejam, basicamente, do mesmo tamanho.
Assim, os gangsters poderiam ter um poder de fogo um pouco mais potente, sem que precisassem usar uma “pistola gangster” maior.

3) Sawed Off Shotgun - Calibre 12


A espingarda Sawed-Off Shotgun de cano cortado foi inventada por pastores italianos para proteger seu gado, daí o nome italiano “Lupara”. Foi introduzido no Estados Unidos por imigrantes sicilianos no século 19 e imediatamente ganhou popularidade entre os gangsters.
Normalmente em calibre 12, disparava chumbo grosso (9 por tiro), esta era normalmente a espingarda ideal para ações rápidas disparando 4-6 tiros. A Sawed-off teve seu cano reduzido para permitir uma melhor capacidade de ocultação e  também para facilitar o uso em automóveis.
Com o seu barulho estrondoso e 9 projéteis vindo em sua direção, garantia uma grande potencial de intimidação e amplo poder de fogo.

4) Browning Automatic Rifle M1918 - Calibre 30/06.

Browning Automatic Rifle M1918 .30-06.
BAR era uma metralhadora militar de tamanho padrão capaz de disparar o poderoso calibre .30 (cartucho de Springfield). O modelo M1918 chega a atravessar portas de carros, coletes à prova de bala, paredes e árvores de médio porte. Essa foi uma temível arma usada pela maioria dos criminosos mais importantes.
Foi uma das armas favoritas de Clyde Barrow, porém um delas foi usada para derrubar a dupla, comumente conhecida com o nome de Bonnie and Clyde.

5) Colt M1911 .45 ACP

Colt M1911 .45 ACP
A pistola Colt M1911 no calibre 45 ACP,  arremessava projéteis enormes a uma velocidade de cerca 750-800 quilômetros por hora, demonstrando um poder imensamente eficaz.
A sua capacidade de recarga rápida típica de uma pistola semi-automática, com trocas rápidas de um carregador para 7 balas, deu aos gangsters uma vantagem considerável sobre a polícia armada com os revólveres Long Colt calibre.38.
Durante sua época foi uma das armas de porte mais avançadas, lendas metropolitanas contam ser a arma preferida pelo gangster Lucky Luciano.

6) Thompson Submachine Gun

Thompson Submachine Gun
A metralhadora Thompson Submachine Gun foi projetada pelo General John T. Thompson entre 1917 e 1919. Fabricada a partir de 1920, era uma arma refinada, com coronha e empunhaduras de madeira e um acabamento de muita classe.
 Tommy Gun alcançou sua maior fama nas mãos dos Gangsters durante a proibição e durante a Grande Depressão nos Estados Unidos. O Massacre do Dia de São Valentim, em 1929 foi um exemplo do que esta arma era capaz, cuspindo balas, a uma taxa de 850 tiros por minuto, em relação a maioria dos outros modelos.


Você já ouviu falar quem foi os 10 Gangsters mais famosos da máfia americana? 

Então, para responder a esta pergunta tivemos que procurar entre os Gangsters que tiveram um maior impacto sobre o mundo do crime organizado de tipo mafioso nos Estados Unidos. Graças à maneira de como eles lidaram com seus negócios, estes “Senhores” mandavam no submundo das maiores cidades: New York, Chicago, Las Vegas, Miami, são somente algumas entre as mais importantes. Um mergulho na história do crime organizado, aqui apresentamos a lista dos Top 10 Gangsters mais famosos de todos os tempos. Quantos desses você já ouviu falar?

10) Vincent “The Chin” Gigante (1928 – 2005)

Vincent The Chin Gigante
Gangster famoso, nascido em Nova York em 1928, Vincent Gigante era um membro da Família Genovese de Nova York. Ele abandonou a escola na nona série e começou a lutar boxe, vencendo 21 de suas 25 lutas. Quando ele tinha 17 anos, se engajou no crime para se sustentar, e como consequência foi preso 7 vezes antes de completar 25 anos.
Sua atitude mais notável como um dos gangsters mais famosos, foi uma tentativa de matar o poderoso Frank Costello, mas sua bala errou o alvo! No entanto, ele continuou em uma escalada na hierarquia da organização Genovese , se tornando um Capo (Chefe maior) e Consigliere (conselheiro) no início dos anos 80.

9) Joseph Bonanno (1905 – 2002)

joseph-bonanno
Nascido em 1905 na Itália, Joe Bonanno era um gangster ítalo-americano e figura proeminente da “Cosa Nostra” Americana. Ele tinha só 26 anos quando se tornou “Boss” de uma das cinco famílias que dominaram o submundo nova-iorquino na década de 1930. Junto com outros mafiosos, como Lucky Luciano, Frank Costello e Vito Genovese, Joe Bonanno criou uma organização criminosa que teve repercussões na economia americana.
Ele era um dos integrantes originais da “Comissão”, o seleto grupo de chefões da Máfia, criado para resolver dispustas internas das famílias e, durante os anos de 1950 e 1960, Bonanno dirigiu a Comissão. O Capo morreu aos 97 anos, milionário, deixando uma enorme fortuna aos filhos e netos.

8) Benjamin “Bugsy” Siegel (1906 – 1947)

bugsy-siegel
Atraente, elegante e de hábitos refinados, Bugsy Siegel nasceu no Brooklyn em 1906, foi um dos fundadores e líder da Murder Incorporated e um dos principais contrabandistas de bebidas alcoólicas durante a Lei Seca. No final dos anos 30, por ordem de Luciano, mudou-se para Los Angeles dirigindo as atividades da Máfia em Hollywood, onde viveu uma vida de glamour ao lado de estrelas do cinema.
Seu apelido “Bugsy”, se referiu ao seu temperamento sanguíneo, cruel com os inimigos, empreendedor com os amigos e sedutor com as mulheres .  Atraente, elegante e de hábitos refinados, ele desempenhou um papel importante no desenvolvimento e crescimento de Las Vegas.

7) Albert Anastasia (1902-1957)

albert-anastasia
Nascido em Tropea na Itália, Albert Anastasia foi um dos Gangsters mais cruel e temido da Cosa Nostra americana. Durante a lei seca , Anastasia se juntou ao gangster Lucky Luciano, controlando o contrabando de álcool ilegal. Apelidado “Lord high executioner” pela imprensa americana, ele também foi um dos fundadores da Murder inc, grupo de gangster italianos e judeus que cometiam homicídio sobre recompensa por conta da “Commissione”. Na década de 50 se torno o poderoso chefe da família Gambino.

6) Meyer Lansky (1902 – 1983)

Meyer-Lansky
Nascido Maier Suchowljansky na Rússia de pais judeus, em 1902, Lansky mudou-se para Nova York com 9 anos onde conheceu o gangster Charles Luciano quando eram apenas estudantes. Luciano ficou impressionado com a resistência física de Lansky e tornaram-se logo amigos, mais tarde formaram um temivel grupo mafioso junto a Bugsy.
A atividade principal de Lansky era o dinheiro e jogos de azar, na Flórida, Cuba e Nova Orleans. Era um dos investidores do casino “Flamingo” de Siegel em Las Vegas, tambem comprou um banco offshore na Suíça que foi usado para o lavagem do dinheiro da Máfia. Um gênio financeiro, foi co-fundador do Sindacado National do crime.

5) John Gotti (1940 – 2002)

John gotti
Nascido no Brooklyn em 1940, John Gotti foi sempre rápido com os punhos e seu sonho era se tornar um “wiseguy” (gangster autodidata). Aos 16 anos, se juntou a uma gang local conhecida como os Fulton-Rockaway Boys, a qual passou a liderar, roubando carros e contrabandiando bens roubados.
Nos anos 60, John Gotti, começou a se associar com mafiosos e a sequestrar caminhões. Nos anos 70, tornou-se um capo do grupo Bergin, parte da família Gambino. Extremamente ambicioso, Gotti começou a traficar drogas, o que era proibido pelas regras da família. Tal opção fez com que Paul Castellano, o Boss, quisesse sua expulsão. Em 1985, Gotti e seus rapazes assassinaram Castellano na porta de um restaurante e naquele momento, assumiu a liderança da família Gambino.

4) Frank Costello (1891 – 1973)

frank-costello
Francesco Castiglia nasceu em 1891 na Itália e foi aos Estados Unidos com a família aos 4 anos. Mudou seu nome para Frank Costello quando entrou para uma gangue aos 13. Depois de inúmeros crimes menores e de ter ido preso, se tornou o melhor amigo de Charlie Luciano, juntos lidavam com contrabando e jogos de azar.
A força de Costello era a sua posição de elo entre máfia e políticos, especialmente no Salão do Partido Democrata em Nova York, o que lhe permitia comprar funcionários do governo. Após a prisão de Luciano, Costello tornou-se o homem no comando dos negócios da máfia americana.

3) Carlo Gambino (1902 – 1976)

Carlo-Gambino
Nascido em Palermo, Carlo “Don Carlo” Gambino veio de uma família que tinha sido parte da máfia durante séculos na Itália. Ele começou a levar a sério os assassinatos, quando ele era apenas um adolescente.
Com Mussolini assumindo poder, ele emigrou clandestinamente para os Estados Unidos, onde seu primo Paul Castellano vivia. Logo, Carlo Gambino tornou-se um gangater esperto e trabalhou com diferentes famílias mafiosas de Nova York. Em 1957 assumiu o controle da família di Albert Anstasia e governou com Mão de Ferro em Nova York até sua morte natural em 1976.

2) Charlie “Lucky” Luciano (1897 – 1962)

gangster Charles_Lucky_Luciano
Salvatore Lucania, nasceu na Sicília em 1897, mas sua família mudou-se para New York nove anos depois. Ainda jovem, se tornou um membro da famosa Five Points Gang, na qual Al Capone também recebeu a sua formação.
Cinco anos depois de estabelecer um império baseado principalmente na prostituição, Luciano controlava uma vasta rede de racket em toda Manhattan. Depois de um ataque brutal e falho contra sua vida em 1929, Luciano começou a planejar, junto ao amigo Meyer Lansky , o “National Crime Syndicate”, uma extensão da Comissão de Salvatore Maranzano. Em 1935, Lucky Luciano era conhecido como o chefe dos chefes e não apenas de New York City, mas de todo o país. 

1) Al Capone (1899 – 1947)

Gangster Al Capone

O Gangster que ganhou o 1 º lugar, é Al Capone. Big Al nasceu em 1899, Brooklyn, Nova York, sua carreira criminosa teve início em gangues de rua e logo após membro da Five Points gang. Devido a sua caraterística física torna-se segurança de uma boate e foi durante neste período que uma série de ferimentos faciais lhe rendeu o apelido de “Scarface”.
Em 1919, se mudou para Chicago onde foi trabalhar para Johnny Torrio (de quem era o protegido) e rapidamente subiu na hierarquia da máfia. Era a época da Lei Seca, quando Al Capone gerenciou redes de prostituição, jogos de azar e de produção ilegal de álcool. Em 1925, aos 26 anos, Capone assumiu o controle da Chicago Outfit.
Conhecido por sua inteligência, extravagância e desejo de chamar atenção, Capone também era famoso por ser muito violento; como no caso do Massacre do Dia dos Namorados em 1929, quando gangsters rivais foram assassinados. Em 1931, o agente do Tesouro Federal, Eliot Ness, o prendeu por evasão fiscal.


Fonte:



Nenhum comentário