Header Ads

ad

Como Melhorar o Uso de sua Pistola (Arma de Mão)

Praticar e realizar ajustes finos em suas formas e ações no uso da pistola é um processo desafiador. Quanto mais você praticar, melhor se tornará e mais rápido ficará. Muitas das seguintes rotinas podem ser realizadas durante a prática seca (com a arma descarregada), mas é importante lembrar que são destinadas a aperfeiçoar os movimentos e criar memória muscular, de modo que, quando forem absolutamente necessárias em suas ações, sejam realizadas com perfeição, correta e velozmente.


Método 1 de 4: Mau-Funcionamento

a maioria das armas modernas seja relativamente confiável, é sempre boa ideia estar preparado, pois problemas podem surgir nos momentos mais inoportunos (a Lei de Murphy está sempre presente).

Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 1


1
Problema do tipo 1: Consiste na falha ao atirar. Você aperta o gatilho e ouve um "clique" ao invés de "boom". Esse é o mais simples dentre os problemas de mau funcionamento, o mais comum e também o mais fácil de ser solucionado: Bata e puxe.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 2

2
Problema do tipo 2: A falha ao ejetar é um problema comum em armas 1911 mais antigas e outras com ejetores curtos. Esse tipo de problema costuma ser carinhosamente chamado de "tubo de fogão".
  • O sintoma desse problema é o "gatilho morto" (nenhum clique, e apenas um pouco de movimento) e ocorre provavelmente devido a algum metal obtuso em sua porta de ejeção (embora não necessariamente), e ao ferrolho não estar completamente para frente. Arrume o problema do mesmo modo que com um problema do tipo 1: Bata e puxe.

Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 3

3
Problema do tipo 3: Esse é conhecido como "o pai de todos os problemas" por alguns. Trata-se de um impedimento de alimentação, significando que há muitas balas na câmara ao mesmo tempo.
  • Se você notar o problema do tipo 3 em um tiroteio, muitos treinadores lhe dirão simplesmente para pegar logo a sobressalente. É claro, isso não é uma opção se você encontrar uma cobertura antes de consertar o problema.
  • Para a limpeza: Pegue o ferrolho e trave-o para trás (opcional em diversas armas). Pressione a ejeção do carregador e jogue-o no chão. Pegue o ferrolho novamente e puxe-o com força por três vezes. Pegue o carregador recarregado, coloque-o na arma (como no carregamento tático) e deslize o ferrolho uma vez mais para colocar uma bala na câmara.

Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 4

4
Problema do tipo 4: Esse é um problema bastante incomum e, caso venha a ocorrer com você durante uma prática, abandone-a e pegue um modelo diferente. Esse problema se refere ao momento em que o ferrolho não mais é deslizado para trás após um tiro.
  • Isso pode ocorrer pelo fato de que a mola-guia está provavelmente desgastada, muito fraca ou simplesmente porque sua estrutura não é boa. Independente do caso, pistolas semiautomáticas modernas jamais deveriam passar por isso. Um armeiro (ou até mesmo você) pode ser capaz de diagnosticar o problema e consertá-lo, mas uma arma com um problema do tipo 4 geralmente não é uma arma confiável. No entanto, uma arma pode ser de boa qualidade e apresentar um problema desse tipo. Nesse caso, uma boa limpeza pode corrigir ou problema, ou até mesmo a substituição da mola-guia. Novamente, um armeiro saberá lidar com o problema de modo mais preciso.


Método 2 de 4: Miras Automática e Instantânea

mira automática é um tema de grande debate. O que esse termo realmente descreve, nesse caso, é a habilidade de um atirador em atirar em um alvo sem mirar com seus olhos.

Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 5

1
Embora a mira automática pareça uma excelente ideia (ser capaz de apontar naturalmente para um alvo), ela é (para 99% das pessoas) uma ideia terrível.A mais de três ou quatro metros de distância, pode ser impossível mirar confiadamente no centro de massa de um alvo. Lembre-se ainda do que dizem: Pense no pior dia de seu treino — Você estará ainda duas vezes pior no meio de um tiroteio!


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 6

2
A outra opção é chamada de "mira instantânea". Esse termo significa que você tira a arma diretamente para a posição de tiro padrão; concentre-se na frente da arma e, quando a massa de mira estiver em algum lugar entre os dois pinos da alça de mira, você atira! Não importa o onde; a três ou quatro metros, até a pior mira instantânea é capaz de atirar no alvo.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 7

3
Estudos em departamentos de polícia que treinam com a mira instantânea, contra aqueles que ensinam a mira automática, têm mostrado resultados impressionantes. Policiais que utilizam a mira instantânea acertam seus alvos quatro vezes mais do que aqueles que confiam na mira automática. Ainda, a média dos primeiros tiros era um décimo de segundo mais lenta (para aqueles que usam a mira instantânea).


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 8

4
A maior parte das pessoas pode usar esse décimo de segundo para aquele tiro certeiro, ao invés de simplesmente fazer alguns buracos na parede por trás do vilão. A mira instantânea é algo que deve ser rigorosamente treinado, ou você pode acabar retornando para a mira automática.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 9

5
Ultimamente, o "ponto da arma" (mencionado em "Como Escolher a Pistola Certa") é ainda importante, já que reduzirá a quantidade de tempo requerida na mira instantânea, mas, uma vez que você ainda utiliza a visão, se torna menos importante.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 10


6
Alternativamente, a maior parte das ameaças reais acontece a menos de 7 metros de distância, e a taxa de acertos na comunidade de tiro é inferior a 20%. Logo, o conhecimento e prática da mira automática pode oferecer a segurança de que o atirador será capaz de acertar a distâncias pequenas.



Método 3 de 4: Saque Rápido

Aprenda como sacar rápida e eficazmente. A maioria dos tiroteios é bastante inesperada e, por isso, o saque rápido é uma habilidade que deve ser aperfeiçoada. Aqui segue a técnica para o saque. Há cinco passos, cada um com um propósito bastante específico. A menos que você esteja a uma distância adequada e hábil para atirar no alvo (seguindo a todas as regras), essa prática deve ser feita com uma arma descarregada. Se você for capaz de atirar em um alvo após o saque, isso pode ser uma ótima prática. Tente cronometrar o seu saque com o seu primeiro acerto real em um alvo.

Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 11

1
Posição 1: Pressione a mão de apoio para perto de seu corpo (tocar a barriga é uma boa opção). A sua mão de tiro se moverá para cima, por sobre o cabo da pistola e para baixo, agarrando-a bem (ainda no coldre). Libere qualquer sistema de retenção que você possa ter.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 12

2
Posição 2: Puxe a pistola diretamente para cima (no caso de coldres de retenção passiva, uma puxada firme e reta é necessária) alguns centímetros para fora do coldre.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 13

3
Posição 3: Gire o seu pulso e desça o cotovelo do braço de tiro. Isso colocará a pistola apontada diretamente para o alvo. Desative qualquer segurança aqui presente. A partir dessa posição, você é capaz de atirar a uma distância bem próxima (se necessário).


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 14

4
Posição 4: Mova a arma para frente diretamente rumo ao alvo. Quando a arma passar à frente da barriga, mova a mão de apoio rumo à arma e para frente da mão de tiro, para agarrá-la bem.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 15

5
Posição 5: Complete o movimento, estenda o braço de tiro para uma boa posição de tiro. Continue com o cotovelo de apoio baixo (diretamente para baixo é melhor).


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 16

6
Uma vez na posição de tiro, você deverá puxar com a mão de apoio e empurrar com a mão de tiro. Isso criará uma "pressão isométrica" que controlará o impacto do tiro e o recuo resultante.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 17

7
A recolocação da arma deve ser feita na ordem exatamente oposta. Empurre-a de volta para a posição 3, coloque a mão sobre a barriga, gire o pulso e erga o cotovelo, empurre a arma diretamente para baixo no coldre e firme-a. Como supramencionado, o carregamento tático antes da recolocação é uma excelente escolha e um bom hábito ao qual se acostumar.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 18

8
Uma vez que você tenha praticado (com perfeição — comece pouco a pouco!), tendo realizado o saque de 500 a 1.000 vezes (sem brincadeira — esse é o número aproximado de vezes necessárias para que o processo se torne memória muscular processual), você descobrirá que pode sacar uma arma de forma extremamente rápida. Comece a praticar sacar e atirar em um alvo (se possível).



Método 4 de 4: Posições de Tiro, Cobertura e Esconderijo

Praticar tiro estando de bruços, ajoelhado ou por trás de uma cobertura é algo comum. Em um tiroteio, você pode não se ver em pé durante todo o tempo. Agachar é extremamente importante, já que a cobertura escolhida pode não ter a sua altura.

Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 19


1
De bruços: É preciso praticar deitar-se no chão. Você perceberá que o alinhamento de sua visão será bastante diferente, e atirar rapidamente pode se tornar difícil de controlar. A sua posição no chão deve ser simples: Deite-se sobre a barriga. Então, role levemente para o lado de tiro. Posicione o joelho e o cotovelo de apoio no chão. Você estará levemente de lado, mas o braço de tiro estará completamente alinhado com o chão, e a cabeça repousará sobre ele, observando a mira. Isso permite a respiração livre de peso e uma plataforma estável.


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 20

2
Agachado: Essa posição pode lhe dar uma plataforma bastante estável durante o tiroteio. Coloque a perna de tiro para trás do corpo e, essencialmente, assente-se sobre a base do pé. O joelho de tiro estará no chão, sobre os dedos. Apoie o cotovelo de apoio sobre o joelho de apoio. Você está agora em posição de tripé (pé de apoio, dedo de tiro e joelho de tiro) e, ainda, em um arranjo que lhe permite mover-se rapidamente (pratique movimentar-se periodicamente de e para a posição de agachamento).


Imagem intitulada Get Better Using Your Pistol (Handgun) Step 21

3
Cobertura e Esconderijo: Esconder-se por trás de uma cobertura em um tiroteio parece uma ideia inteligente, mas não pense que você estará invencível por trás da maioria dos materiais. Há uma grande diferença entre buscar uma "cobertura" e um "esconderijo". Objetos como portas de carro e paredes podem apenas servir para mantê-lo oculto da visão do oponente (cobertura), mas na maioria dos casos, balas podem perfurar esses objetos. É mais aconselhável buscar por algo que possa impedir a passagem de balas bem como esconder a sua localização (esconderijo). Atirar por detrás de uma cobertura deve ser feito com o mínimo de exposição corporal possível. Se ela lhe permitir, não exponha o corpo a partir do mesmo lado.



Dicas

  • Enquanto na prática da prontidão tática ou defesa pessoal, a maioria dos treinos deve consistir em saques rápidos e mira instantânea, e não em atirar lentamente e com miras demoradas. As distâncias não devem ultrapassar 15 metros (a mira instantânea perde confiabilidade acima desse valor).
  • A seguir: Aprenda a escolher a arma e a munição corretas, assegurando-se de praticar com rotinas precisas.
  • Execute sempre uma manutenção correta e frequente de sua pistola.
  • Quanto mais você praticar, melhor ficará.


Avisos

  • Assegure-se de conhecer o alcance baixo. Balas podem viajar por quilômetros ou quicar e ricochetear em direções indesejadas.
  • Segurança em primeiro lugar! Armas de fogo são incrivelmente perigosas se usadas de forma inadequada. Se você não é um atirador experiente, assegure-se de ter um instrutor de armas de fogo certificado ou um atirador de grande experiência que lhe possa supervisionar diretamente.
  • Uma pistola pode infligir sérios danos e até causar mortes. Assegure-se de apontar a pistola em uma direção segura e jamais apontá-la rumo a algo em que você não pretenda atirar.
  • Qualquer arma de fogo deve somente ser utilizada em um local seguro e legalizado para tal. Esteja ciente das leis de seu país ou região quanto ao uso e transporte de uma arma de fogo, e siga-as cuidadosamente. Leis podem variar drasticamente entre países, e podem mudar até mesmo entre regiões ou estados.
  • Toda a prática deve ser feita obedecendo-se a todas as regras de segurança, ou em um local legalizado e privado, com uma arma descarregada (ou você pode substituir as balas com munição falsa).
  • Pistolas são raramente a melhor escolha para situações de combate. Rifles e espingardas causam muito mais dano do que pistolas. Essas últimas são mais adequadas para alvos a menos de 9 metros, espingardas para alvos entre 2 e 45 metros e rifles para alvos entre 4 e 9.000 metros.




Fonte:

Nenhum comentário