Header Ads

ad

Como Escolher a Pistola Certa (Revólver)

Polícia, militares e cidadãos preocupados precisam escolher, de forma objetiva e bem pensada, um revólver que sirva as suas necessidades. A decisão é difícil dado que a lista de revólveres é longa e não existe um revólver perfeito, um calibre perfeito ou uma bala perfeita. Acessórios disponíveis também podem pesar na decisão; leia adiante para encontrar alguns pontos que podem lhe ajudar a pensar sobre aspectos que você pode ter deixado de observar.


Método 1 de 5: Escolhendo uma boa pistola

Apesar de qualquer pistola poder ser bem manejada, a escolha da arma pode seriamente limitar a sua capacidade de se proteger devido a falta de acuracidade, ou mais importante, confiabilidade. Aqui estão alguns aspectos genéricos para observar quando estiver comprando uma arma com esse propósito específico. Nenhum deles vale para todos os casos visto que existem exceções, e uma pistola que se adapte a sua personalidade é sempre a melhor escolha.

Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 1

1
Pistolas grandes têm sempre maior acuracidade que as pequenas, devido a a caberem melhor na mão, seu peso (sensação de recuo reduzida), e visão alongada.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 2

2
Pistolas menores são mais fáceis de esconder e mais leves de carregar.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 3

3
Calibres menores significam menor recuo, o que por sua vez significa tiros em sequência mais rápidos e certeiros, mas geralmente, com menos força e potência.


4
Calibres maiores fazem mais estragos por bala.



Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 5

5
Confiabilidade e acuracidade são ambos atributos importantes de uma pistola.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 6

6
Revólveres são mais confiáveis e simples que semi-automáticas.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 7

7
Acuracidade de tiro ao alvo é mais importante do que acuracidade de visão quando se fala em táticas de defesa pessoal ((este é um ponto controverso em tiro).


8
Determine as capacidades básicas de tiro ao alvo da arma. Com uma arma descarregada, feche os olhos e aponte a arma em uma posição segura com o seu dedo próximo ao gatilho, mas não nele, a um alvo substituto. Abra os seus olhos – a visão deve estar alinhada exatamente onde você deseja. A 5 jardas, não deve ser mais do que duas polegadas longe do centro do alvo.
  • Se o revólver estiver apontando alto ou baixo, isto pode ser compensado com a prática. Por exemplo, quase todos que nunca usaram uma Glock tem uma região de tiro alvo alta em 6-10 polegadas na distância de 5 jardas. Mas com prática, você irá descobrir que pode melhorar isto rapidamente. Mas, se você posteriormente escolher uma arma mais adequada, você vai descobrir que a sua mira está baixa. Se o ponto estiver muito longe do alvo, você deve considerar adquirir uma arma diferente.Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 8Bullet1

Método 2 de 5: Escolhendo o calibre

Este é outro dilema que muitas vezes pões os melhores e quem mais conhece do assunto um contra o outro.

1
Lembre-se que nenhuma bala é perfeita, então considere os benefícios e desvantagens. A maioria das pessoas que estuda balística e táticas como Jeff Cooper (“o pai” do que é conhecido como “a moderna técnica de armas de fogo”), concluem que, comparativamente, a munição de revólver é fraca, e a colocação das baladas é muito mais importante que a bala em si. Não que não haja vantagens de uma bala para a outra, e em uma briga a vantagem deve estar sempre ao seu lado.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 10

2
Existem algumas características que sempre devem ser consideradas na seleção do calibre.
  • Penetração é muito importante. Se uma bala não penetra fundo o suficiente, os órgãos vitais e sistema nervoso provavelmente não serão danificados. No final dos anos 90, o FBI conduziu estudos intensivos que sugerem que uma bala deve penetrar ao menos 14-16 polegadas para ser confiável. Isso permite que as balas entrem em um corpo em ângulos menos favorecidos e ainda assim tenham potência o suficiente para atingir órgãos vitais ou a coluna.
    Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 10Bullet1
  • Cavidade permanente é o vácuo em um alvo de carne e osso onde a maioria da energia da bala foi transferida e o tecido foi destruído. Quanto maior a cavidade permanente, maior é a chance dos órgãos vitais ou do sistema nervoso ser destruído.
  • Recuo é algo que não é muito falado em balística porque é muito subjetivo e depende da característica da arma. Um pequeno recuo permite que você de mais tiros rapidamente e com mais precisão. Cada pessoa terá uma sensação diferente para o recuo de uma bala, e cada revólver irá repassar o recuo para o usuário de maneiras diferentes.
    Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 10Bullet3
  • A potência da bala é uma característica muito enfatizada. Em revólveres, a potência de uma bala é bem baixa. “O poder de derrubar” é uma fábula nascida nos filmes de ação de Hollywood; histórias de pessoas sendo derrubadas após levarem um tiro já aconteceram comprovadamente devido a noção pré-estabelecidas de que quando você leva um tiro deve cair no chão. Pessoas que levam um tiro com uma .22LR em áreas não-vitais caem porque assumem que levar um tiro significa que devem cair e possivelmente morrer.
  • A potência da bala é uma retribuição contra pessoas que se gabam sobre a potência da bala sem considerar outras coisas, mas a quantidade de energia também irá contribuir aos primeiros três pontos positiva e negativamente. Os primeiros três pontos, por outro lado, competem entre si mesmo na busca pela bala perfeita. Se uma munição de baixo recuo com grande penetração e uma cavidade permanente enorme estivesse disponível, nenhuma outra bala seria necessária.

Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 11

3
Uma comparação entre as balas de semi-automáticas mais comuns:
  • Parabellum 9mm é o calibre mais comum de pistola. Tem um relativo baixo recuo que permite tiros rápidos e certeiros. A capacidade do pente é usualmente superior a outras balas maiores. O custo é baixo e a disponibilidade excelente, fazendo da 9mm uma escolha atrativa para praticar a vontade. Finalmente, existem munições de alta pressão (+P categoria) excelentes, que produzem excelentes condições de defesa pessoa (certifique-se de que a sua arma está identificada para atirar munições +P antes de você usá-la.
    Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 11Bullet1
  • A ACP .45 utiliza balas mais pesadas e maiores que a 9mm, com uma velocidade um pouco menor. O calibre é bom para ser usado com supressores de som pelo fato de que a bala padrão (grão 230) é subsônica sob quase todas as circunstâncias. A cavidade permanente (ou gel balístico) de uma JHP .45 é cerca de 40% maior do que uma JHP 9mm. O recuo é mais severo do que em uma 9mm, e a capacidade do pente tende a ser muito menor. A maioria dos oficiais de polícia irá dizer (se referindo a uma arma a queima-roupa), que se você não atingi-los nos primeiros três tiros, você não irá conseguir atingi-los. Então, pentes de alta capacidade significam menos do que você pensa.
    Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 11Bullet2
  • S&W .40 é um outro calibre comum com características de performance entre uma Para 9mm e uma ACP .45. Tem ganhado um grande número de seguidores em agências policiais e em outros lugares. Entre outros benefícios da bala, o nariz reto da bala já mostrou que cria cavidades temporárias maiores e também permite que a potência seja transferida a uma taxa mais rápida criando uma cavidade permanente de tamanho considerável.
    Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 11Bullet3

4
Existem muitos outros calibres que não foram mencionados aqui. Special .83, Magnum .357, Magnum .44 são cartuchos de revólver comuns. A 357SIG (bala 9mm em um case calibre .40) e Auto 10mm também são calibres automáticos comuns. Outra bala específica é a 5,7x28mm, feita pela FN, criada para vencer armamento corporal Classe III com munição adequada. Essas munições de aço sólido não estão disponíveis para todos os civis, mas a vantagem da bala é que tem baixo recuo e é de alta velocidade. Além disso, devido ao seu efeito de queda em pequenos alvos, cria uma cavidade permanente considerável (para o seu tamanho) enquanto que ainda penetra mais fundo que 14 polegadas.


Método 3 de 5: Considerações sobre a munição

Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 13

1
Em primeiro lugar, potência de derrubar em um calibre de pistola é uma farsa completa. Podem ser encontradas informações na internet, “aqui estão vinte relatos de uma bala calibre X derrubando com um só tiro”. A questão é, quantos tiros foram disparados ou perdidos para chegar a esses dados? Existem casos documentados nos quais um homem leva um tiro com uma .22LR em uma área não-vital e cai, eventualmente morrendo (possivelmente porque achava que levar um tiro significa morrer). Foi enraizado em todos aqueles que assistem filmes que levar um tiro é sinônimo de cair e morrer.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 14

2
A lei de Newton diz, “para cada ação existem uma reação igual e oposta”, significando que se uma bala tiver força o suficiente para derrubar o seu alvo, disparar a bala teria força o suficiente para derrubar você que está atirando também. Se você não acredita nisso, faça algumas pesquisas na internet, existem muitas pessoas testando essa questão de forma objetiva.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 15

3
Tudo que há para dizer é, uma bala não é garantia que irá derrubar uma pessoa melhor do que outra bala; é mais uma questão de quem está atirando, onde você está atirando, e se o seu alvo tem em mente que ele deve cair quando leva um tiro. O disparo é muito mais importante do que o tamanho da bala ou a potência. Ao contrário, a escolha da bala correta pode lhe dar uma vantagem que você precisa para escapar da briga.


Método 4 de 5: Escolha um tipo de munição

A escolha da bala deve ser uma consideração importante seja para carregar a arma com você ou usar na defesa da sua residência. Assim como em calibres, não existe uma bala perfeita. Algumas são melhores que outras, mas tudo tem um custo-benefício.

Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 16

1
Balas de ponto oco revestido (JHP) são universalmente consideradas a melhor escola como munição de defesa. Outros designs como Federal EFMJ e Cor-Bon DPX também são consideradas efetivas. Já foi provado que JHP e outras munições em velocidade de revólver são consideradas pouco confiáveis (no máximo); ao ponto que munições subsônicas tem menos de 50% de chance de expandirem completamente. Uma outra controvérsia com balas de ponto oco é que quando a bala expande cria uma cavidade permanente e temporária maior, mas devido a transferência de energia mais rápida ela reduz a profundidade da penetração.



2
Balas FMJ sólidas não tem o problema de perderem energia tão rapidamente e são conhecidas por penetrarem em barreiras e ainda irem profundo o bastante na carne para atingir órgãos vitais. A cavidade permanente é reduzida em tamanho (comparada com JHPs), mas existe um custo-benefício para toda as munições.
  • Hydra-shok Federal é uma bala que parece uma JHP padrão de diversos ângulos, mas dentro da cavidade frontal existe um “arpão”. Isso permite que a bala se abra e ainda assim penetre em algumas coisas. Quando foi inicialmente criada, levou a um avanço da indústria, mas muitos irão dizer que o design novo e melhora do que JHP padrão já conseguiu acompanhar.
  • Ponto oco afunilado reverso é um tipo único de bala. O buraco na bala aumenta em diâmetro conforme vai descendo a bala. O design permite alguma penetração em objetos mais sólidos sem que se abra. Quando a bala se abre ela forma diferentes sessões que são mantidas juntas pela coroa.
  • JHP de ponta suave é uma descrição vaga para qualquer tipo de JHP que tem preenchimento em seu buraco (pode ser polímero ou outro material sólido). Isso permite que a bala fure alguns objetos ou viaje através de coisas leves (como roupa ou músculos) por um período de tempo antes de se abrir, permitindo uma maior penetração. Existem nomes alternativos para esse tipo de balas, como ponta de balística ou V-Max. Esta é sem dúvida a bala mais versátil. Ela irá penetrar roupas pesadas enquanto retém sua habilidade de expandir em um alvo leve.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 18

3
O peso da bala é outra coisa a ser considerada. Em geral, balas leves tem maior velocidade do que as balas pesadas, o que faz com que em distâncias curtas (menos de 100 jardas) elas tenham trajetórias mais lineares. O problema com balas leves é que contra alvos leves elas perdem potência com menos resistência que as balas pesadas. Já foi provado que balas extremamente leves podem ser paradas por roupas bem pesadas. Uma regra geral é que durante o verão, qualquer bala irá funcionar, mas as leves são bacanas por questões de balística; já durante o verão, quando as pessoas estão usando roupas pesadas, as balas pesadas são melhores.
  • Uma bala 9mm leve tem 100 grãos. E uma bala pesada tem 147 grãos (apesar de que 124/125 grãos é mais comum).
  • Uma .40 leve seria 135 grãos e uma pesada .40 seria 180 grãos.
  • Uma .45 leve seria 165 grãos. Mas uma 230 grãos seria provavelmente melhor para qualquer propósito em uma .45; até balas mais pesadas como 250 grãos estão disponíveis.

Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 19

4
Cargas em pó podem mudar a balística de uma bala e a sensação geral da arma. Cargas padrão são sempre recomendadas para a maioria das armas, mas algumas como a Glock e H&K especificam a habilidade de atirar com cargas quentes. A maioria das pistolas H&K vem com duas fases de recuo que ajudam com a sensação de recuo, assim como choque de recuo para os componentes internos. Isto permite que a H&K atire +P (cargas em pó quentes) e +P+ (cargas em pó muito quentes) sem problema. Outras armas podem necessitar uma substituição ou outras mudanças. As cargas mais quentes permitem maior potência e velocidade na boca, assim como melhor confiabilidade, dado que o dispositivo ficará preso mais forte com energia extra (menos chance de tremer os punhos ou não-integração).


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 20

5
Pratique sem munição com o intuito de uso para defesa pessoal pode sair caro. Você deve atirar muitas das suas balas específicas para ter certeza que os ciclos de tiro são confiáveis com elas. Algumas pistolas são seletivas quanto ao formato de algumas balas JHP. Para prática geral você pode usar FMJ para manter o preço barato, mas considere usar balas com o mesmo peso (grãos) e, se possível, a mesma carga (standard, +P, etc..) porque ciclos de rápido disparo podem mudar drasticamente com pesos e cargas diferentes.


Método 5 de 5: Acessórios de pistola

Alguns acessórios de pistola podem lhe beneficiar e prejudicar a performance do seu tiro, ao mesmo tempo. A seguir as modificações mais comuns com os prós e contras.

Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 21

1
Visão noturna é uma boa adição para qualquer arma a paisana ou a trabalho. Ela permite ao usuário enxergar alvos em situações com pouca ou nenhuma luminosidade. O problema é em situações de anoitecer ou amanhecer, quando não há luz o suficiente para iluminar os anéis brancos, e está muito claro para ver o tritium, o que prejudica uma visão adequada. Mas em qualquer situação que esteja escuro (quando a maioria dos tiroteios acontece), a visão noturna funciona muito bem.



Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 22

2
Lanternas táticas acopladas podem iluminar não só ambientes inteiros como também podem cegar temporariamente os bandidos, se usada neles. O problema é que elas adicionam um peso para a arma, e podem potencialmente reduzir o equilíbrio. Alguns argumentam que elas também dão aos bandidos um alvo fácil para mirar (mas honestamente, tente olhar na luz por alguns segundos – eles podem saber em que direção atirar, mas não irão enxergar no que estão atirando). Comprar uma lanterna barata é garantia de que irá se quebrar após algum tempo. Para uma arma usada a paisana ou a trabalho, isso pode ser dispensado, mas para defender-se em casa, pode ser uma coisa muito boa sempre poder identificar o seu alvo antes de tomar uma ação. Além disso, uma lanterna separada na sua mão pode fazer a maior parte das coisas que uma lanterna acoplada pode fazer.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 23

3
Customizar o gatinho é uma modificação tentadora que muitas pessoas fazem em suas pistolas. Muitas vezes, suavizar o gatilho ou diminuir a distância da puxada do gatilho. Isto é ótimo para tiro ao alvo, mas um gatilho que tem menos que três polegadas pode se tornar rapidamente perigoso se você estiver carregando sempre a sua arma. Também pode ajudar muito se você quiser fazer rápidos tiros em sequência. Esta é uma mudança que só deve ser feita na arma se o gatilho dela for muito pesado ou longo.


Imagem intitulada Choose the Right Pistol (Handgun) Step 24

4
Punho de borracha na pistola pode deixar a sua mão mais confortável. Esta é geralmente uma coisa boa, e para pessoas com mãos grandes, é ótimo pois permite um encaixe perfeito. Mas esses punhos tem problemas. Eles podem se mover, afetando a acuracidade e requerendo constantes ajustes. A maioria das armas com estilo tático tem furos e entradas que permitem uma pegada melhor mesmo com mãos suadas; a borracha deixa a arma um pouco escorregadia quando em mãos molhadas. Manutenção adicional também é necessária, pois o suor e sujeira vão acumular no punho, o que requere tirar a borracha e limpar o punho e a borracha totalmente. Se você tiver mãos grandes, tente usar esses punhos de borracha, ou use em caso de armas que tenham uma pegada muito desconfortável.



Dicas

  • Tiros rápidos não é tudo. Tiros rápidos controlados é o termo correto. A menos que esteja a um braço de distância do seu alvo, você precisa balancear velocidade com acuracidade.
  • A pistola correta é uma que funciona perfeitamente para você. Mesmo que outras pessoas possam não gostar, a melhor pistola que você pode usar é a sua pistola.
  • Sempre faça a manutenção da sua pistola, de forma correta e usual.
  • Quanto mais praticar, melhor ficará.
  • Próximos passos: aprenda a usar melhor a sua pistola, e certifique-se de usar sua pistola com perfurações.



Avisos

  • Qualquer arma só deve ser disparada em locais seguros e legalizados. Preste atenção em leis estaduais e locais quanto ao uso e transporte de armas e siga elas corretamente. Leis podem mudar drasticamente entre estados e podem mudar entre condados ou até cidades.
  • Segurança em primeiro lugar! Armas podem ser muito perigosas se não manuseadas corretamente. Somente use uma pistola ou outra arma de fogo se você é um atirados experiente ou tem um supervisor de tiro muito experiente com você.
  • Certifique-se de saber o que é alcance. Balas podem viajar por quilômetros ou podem desviar ou ricochetear em outras direções.
  • Toda a prática deve ser feita em um local de tiro seguindo todas as instruções de segurança, ou em um local legalizado e privado com uma arma descarregada (ou você pode substituir as balas com balas de festim.
  • Pistolas são raramente a melhor arma de escolha em situações de combate. Rifles e espingardas fazem muito mais dano do que pistolas. Pistolas são melhores para alvos em uma distância de até 10 jardas, espingardas para até 50 jardas e rifles para até 1000 jardas.
  • Uma pistola pode machucar uma pessoa seriamente, até mesmo a levando a morte. Certifique-se de sempre apontar para uma direção segura e nunca aponte para algo no qual você não pretende atirar. É MUITO fácil apontar a arma em uma direção errada. Mantenha-se concentrado e foque na atividade.



Fonte:

Nenhum comentário